Início » Brasil » Povoado de Goiás registra a maior incidência de doença rara de pele
RECORDISTA MUNDIAL

Povoado de Goiás registra a maior incidência de doença rara de pele

Uma a cada três pessoas em Araras tem a doença, enquanto a incidência mundial é de um a cada 250 mil

Povoado de Goiás registra a maior incidência de doença rara de pele
O povoado de 800 habitantes fica localizado cerca de 40 km da cidade de Faina (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O distrito de Araras, em Goiás, tem o maior índice mundial de casos de pessoas diagnosticadas com xeroderma pigmentoso, uma doença de pele rara. A principal característica da doença é a extrema sensibilidade ao sol, provocando mutações celulares associadas à radiação ultravioleta. A doença provoca acumulo de manchas, escurecimento e engrossamento de pele, além de aumentar em mais de mil vezes a chance de aparecimento de diversos tipos de câncer.

O povoado de 800 habitantes fica localizado cerca de 40 km da cidade de Faina e registra um caso da doença para cada 30 pessoas. No mundo, o índice é de um caso para cada 250 mil pessoas.

O professor titular da USP e especialista no reparo de DNA Carlos Menck afirma que o fenômeno se deve a uma infeliz coincidência: o encontro de duas famílias fundadoras do povoado que tinha, cada uma, uma cópia do gene alterado com a doença. O encontro das duas famílias espalhou a doença na região, o que o professor classifica como “azar dos azares”.

O xeroderma pigmentoso tem características recessivas, ou seja, pode ser passada de forma hereditária sem que haja o desenvolvimento da doença no indivíduo. Para evitar que o gene recessivo se manifeste, é necessário que os habitantes de Araras evitem a exposição ao Sol e utilizem protetores solares com uma enzima reparadora de DNA.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Povoado de Goiás tem maior índice mundial de doença rara de pele

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *