Início » Brasil » PP cobra cargos ao Planalto
COLUNA ESPLANADA

PP cobra cargos ao Planalto

Mesmo com metade da bancada na Câmara alvo de inquérito no STF, o PP não desistiu de cargos no Governo

PP cobra cargos ao Planalto
Partido apresentou a conta ao chefe da secretaria de Governo, Ricardo Berzoini (Foto: pp.org)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Mesmo com metade da bancada na Câmara alvo de inquérito no STF por causa do esquema do Petrolão, o Partido Progressista não desistiu de cargos no Governo e apresentou a conta ao chefe da secretaria de Governo, Ricardo Berzoini. O PP não quer ministério das Cidades mais, mas espera ter suas demandas atendidas em cargos federais nos Estados dos parlamentares. Líder do agora novo blocão de deputados, que somam 80 nomes também do PSC, PHS e PTB, a turma espera uma resposta nesta semana. Foi o prazo que Berzoini pediu para arrumar a Casa.

Amostras

O federal Marcus Vicente (PP-ES) quer diretoria na secretaria de Portos em Vitória (ES). Ronaldo Carletto (PP-BA) espera vaga para controlar o DNOCS em Salvador.

A tropa

Além dos rebelados de parte do PMDB, é este bloco de 80 deputados que está esvaziando o plenário e prejudicando o Governo na votação do Ajuste Fiscal.

Limpa

A Petrobras vai demitir 600 comissionados apenas na Comunicação da estatal e suas subsidiárias, como antecipou a Coluna em maio. No total hoje são 1.170.

Queiroz x Cardozo

O ex-delegado Protógenes Queiroz vai recorrer na Justiça. Diz que o ministro José Eduardo Cardozo não poderia assinar sua demissão da Polícia Federal, porque, segundo Queiroz, seu escritório em associação com o do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos teria defendido o banqueiro Daniel Dantas, alvo da operação Satiagraha.

Primeiro embate

Dantas e a Satiagraha são o pivô do inferno astral do agora ex-delegado. A assessoria do ministro da Justiça informa que ‘durante o período em que não estava impedido para o exercício da advocacia, José Eduardo Cardozo, nunca advogou para o banqueiro’.

Perdeu, doutora

Na audiência sob segredo de Justiça na quarta em Brasília, a juíza Solange Salgado apreendeu o celular da advogada do Major Curió, após ela fotografar familiares das vítimas da Guerrilha do Araguaia presentes. Entendeu o ato como intimidação. A advogada pode ser processada se for comprovado que ela repassou as imagens.

De quem sabe

Ao visitar o filho na cadeia em Curitiba, há dias, Emílio Odebrecht brincou com Marcelo ao vê-lo menos abatido: ‘Lá fora você daria mais trabalho que aqui dentro’.

Na fogueira

O federal Weliton Prado (MG), de saída do PT, em ‘litígio’ no TSE, incluiu o senador Paulo Paim como sua testemunha de defesa. É outra razão para Paim pular fora junto.

Ocultação de ‘bens’

Os procuradores e promotores de Justiça poderão ter placa ‘fake’ nos carros oficiais para evitar serem alvo de bandidos ou de vingança. É o que propõe projeto 4984/13, do deputado Valtenir Pereira, que avança e muda o Código de Trânsito Brasileiro.

Oi e Thau!

A Oi tem perdido contratos importantes na esfera pública. Em agosto a Câmara cancelou serviços para banda larga nos apartamentos funcionais. E dia 9, o decreto da presidente Dilma nº 8.540 determinou corte de contratos. A maioria é da operadora.

Boca fechada

O advogado Kakay, que circula fácil pelos três Poderes, repete para amigos que não haverá impeachment da presidente Dilma. Mas evita falar de público. “Enquanto eu for advogado, tenho que ficar quieto em relação a esses assuntos. Só opino no processo”.

Haja Educação

Com a economia em crise e escândalos em diferentes poderes, um observador atento do cenário lembrou: a ‘Pátria Educadora’, lema de Dilma, tem seu terceiro ministro da Educação em 10 meses. Foram Cid Gomes, Renato Janine e agora Mercadante.

No que vai dar..

Um falastrão que caiu pela língua, um intelectual não afeito a administração, e um economista que retorna insatisfeito à pasta.

2016 no ar

O comunicador José Eduardo ‘Bocão’ é cobiçado pelo PT e PR para se candidatar à Prefeitura de Salvador.

Ponto Final

Eduardo Cunha diz a aliados que não cogita renunciar ou se licenciar do cargo, apesar das provas das contas secretas. Só sai apeado.

 

Com Equipe DF, SP e Nordeste

________________________

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *