Início » Brasil » Preço da liberdade
COLUNA ESPLANADA

Preço da liberdade

Por causa do MP e da Lava Jato – em especial – os criminalistas estão milionários

Preço da liberdade
Um advogado já cobra R$ 1 milhão de luva só para a primeira conversa e para ‘pegar’ um caso de enrolado com a Justiça (Fonte: Reprodução/Polícia Federal)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O que se diz entre gabinetes (luxuosos) de bancas advocatícias do eixo Rio-Brasília-São Paulo é que o Ministério Público merece todas as homenagens dos grandes escritórios. Por causa do MP e da Lava Jato – em especial – os criminalistas estão milionários. Não precisa nem ser conhecido. Um advogado já cobra R$ 1 milhão de luva só para a primeira conversa e para ‘pegar’ um caso de enrolado com a Justiça. É o piso da tabela. Se o defensor tem portas abertas com ministros do STF e STJ, o honorário quadruplica.

Desafio

O governador Pimentel (PT), de Minas, está no sal com duas classes que trazem votos. Não paga em dia salários do funcionalismo. E não tem repassado FPM a prefeitos.

Do alto

Há multinacionais que acreditam no Brasil, mesmo crescendo pouco. Uma das maiores de teleféricos tem negociações com duas cidades turísticas, nos estados do Rio e de SP.

Memória

O escritor Carlos Heitor Cony, falecido em janeiro, vai virar nome de escola da rede estadual do Rio. O secretário Wagner Victer ainda escolherá a unidade a ser construída.

Mobilidade

Porta-voz do case do Centro de Operações do Rio de Janeiro, apresentado no painel “Tecnologia e inovação na gestão Municipal”, no maior Encontro de Administração do país, Alexandre Cardeman revelou, nos bastidores, ter estudos de governança avançados para entender e otimizar a movimentação das pessoas na capital.

Gestão necessária

O evento foi promovido pelo Conselho Federal de Administração (CFA), em parceria com o Conselho Regional de Administração do Rio e teve como eixo temático os impactos da 4ª Revolução Industrial na Administração.

A gente se vê…

Continua o mistério do caso de suposto pagamento de propina de ex-diretor da TV Globo para membros da FIFA, conforme delações. O MP Federal do Rio está com o caso, remetido pela PGR, Raquel Dodge, de Brasília. Mas mesmo consultado, o MP se cala. Não informa quem são os procuradores no caso, se alguém já foi ouvido, se há interface com autoridades dos EUA etc.

Pé na tábua

Há muitos parlamentares – senadores e deputados federais – insatisfeitos com a fiscalização da ANTT nas estradas. Porque os agentes descem a caneta nas multas em veículos de empresas aliadas e amigas. Pé na tábua, fiscais!

Fora do ar

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT) – irmão do presidenciável Ciro Gomes (PDT) –, acaba de derrubar com trator as sedes das rádios FM Paraíso e FM Plus  – duas críticas de sua gestão. A prefeitura decidiu desapropriar os terrenos onde há torres.

Os escolhidos

Os candidatos a federal Túlio Gadelha (PE) e a ativista Tabata Amaral (SP) – fundadora do movimento Acredito –foram escolhidos por Ciro os pupilos para aparecerem nas inserções de TV nos seus estados. Ciro quer investir na campanha de ambos.

Gestão Séc. 21

As chamadas ‘construtechs’ vêm ganhando espaço no mundo das starts ups. A Engeform, frente à crise das tradicionais empresas do setor de infraestrutura, criou o Okara Hub, direcionada a desenvolver empresas com foco em inovação e projetos para reduzir custos e aumentar eficiência.

Roda-Viva…

O grande ator José Celso Martinez Corrêa marcou para a noite do dia 28 de outubro, data das eleições no segundo turno, a pré-estreia da nova versão de ‘Roda-Viva’, no Teatro Oficina, em São Paulo.

…e viva Chico

A peça foi escrita por Chico Buarque em 1967. Foi Chico quem o incentivou, e avisou que vai patrocinar parte da nova montagem com o dinheiro arrecadado da atual turnê.

Justiça

O jornalista Henrique Barbosa, ex-editor da Folha de Pernambuco, obteve vitória por maioria dos votos no TJPE contra o empresário Eduardo de Queiroz Monteiro.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *