Início » Brasil » ‘Prefeito olímpico’, Paes é declarado inelegível
POR OITO ANOS

‘Prefeito olímpico’, Paes é declarado inelegível

A decisão do TRE-Rio se deu sobre uma ação movida por Marcelo Freixo

‘Prefeito olímpico’, Paes é declarado inelegível
Ex-prefeito do Rio de Janeiro ainda pode recorrer (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro decidiu nesta segunda-feira, 11, por unanimidade dos seus membros, tornar o ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes inelegível por oito anos. Além de Paes, o tribunal tornou inelegível também seu antigo secretário de governo Pedro Paulo.

A decisão do TRE-Rio se deu sobre uma ação movida por Marcelo Freixo, deputado estadual e candidato a prefeito do Rio nas últimas eleições.

Freixo acusou a gestão de Eduardo Paes de usar a prefeitura para contratar, por R$ 7 milhões, a consultoria McKinsey & Company para elaborar o plano de governo de Pedro Paulo, que foi o candidato de Paes na mesma eleição, mas que sequer conseguiu chegar ao segundo turno, que foi disputado por Marcelo Crivella e pelo próprio Freixo.

Eduardo Paes e Pedro Paulo ainda podem recorrer. Não será possível, porém, e por exemplo, suspender a decisão do TRE-Rio por medida cautelar, a fim de concorrerem, ambos ou um dos dois, nas eleições de 2018. Recentemente o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) Jorge Picciani, hoje preso, disse que Paes concorreria ao governo do estado pelo PMDB.

Fontes:
O Globo - TRE torna Eduardo Paes e Pedro Paulo inelegíveis em 2018

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *