Início » Brasil » Procurador-geral defende demissão da diretoria da Petrobras
corrupção

Procurador-geral defende demissão da diretoria da Petrobras

Rodrigo Janot classificou de 'cenário desastroso' a gestão da estatal

Procurador-geral defende demissão da diretoria da Petrobras
Rodrigo Janot durante discurso na Conferência Internacional de Combate à Corrupção (Fonte: Reprodução/TV Globo)

Em discurso na Conferência Internacional de Combate à Corrupção, em Brasília, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sugeriu nesta terça-feira, 9, a demissão da diretoria da Petrobras.

Janot classificou de “cenário desastroso” a gestão da estatal e também defendeu a punição de todos os envolvidos no esquema de corrupção na Petrobras.

“Esperam-se as reformulações cabíveis, inclusive, sem expiar ou imputar previamente culpa, a eventual substituição de sua diretoria, e trabalho colaborativo com o Ministério Público e demais órgãos de controle”, afirmou Janot.

O procurador-geral disse ainda que o Brasil “não tolera mais” a corrupção e a “desfaçatez” de alguns servidores públicos e de alguns empresários, ressaltando também que é necessário maior “rigor” e “transparência” na gestão da Petrobras.

Fontes:
G1 - Janot critica gestão da Petrobras e sugere demissão de diretores

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *