Início » Brasil » Produção de lixo no país aumentou 29% entre 2003 e 2014
resíduos sólidos

Produção de lixo no país aumentou 29% entre 2003 e 2014

Aumento da geração de lixo no Brasil foi muito maior do que crescimento da população nos últimos 11 anos

Produção de lixo no país aumentou 29% entre 2003 e 2014
Foram produzidos 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos gerados no país em 2014 (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Dados do “Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil de 2014”, divulgados nesta segunda-feira, 27, pela Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), revelaram que a produção de lixo no país aumentou 29% entre 2003 e 2014.

Já a taxa de crescimento da população nos últimos 11 anos foi de 6%. Além disso, mesmo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), 41,6% do lixo teve destino inadequado no ano passado. A redução foi de apenas 0,1 ponto percentual em relação ao ano anterior.

O ano de 2014 também registrou um aumento da produção de lixo por pessoa em comparação com 2013: foram 387,63 kg de lixo per capita, o que representa um aumento de 2% em relação a 2013.

De acordo com o panorama, em todo o ano passado, foram produzidos 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos no país.

Embora as iniciativas de coleta seletiva venham aumentando, não há um aumento dos índices de reciclagem.

Houve também pouca evolução em relação à eliminação de lixões, considerada uma forma inadequada de descarte de lixo. No ano passado, os lixões ainda estavam presentes em 1.559 municípios brasileiros.

Fontes:
G1 - Mesmo com política de resíduos, 41,6% do lixo tem destino inadequado

1 Opinião

  1. Adjabir Fernandes disse:

    De um modo geral tem-se a sensação que a exposição gratuita nos meios de comunicação ( mídia) sob o tema “lixo” é a principal intenção, pois o investimento financeiro para ter o mesmo efeito, raros seriam aqueles capazes de realizar. Portanto.me faz lembrar sempre certa ocasião ter oferecido medicamentos a um a pessoa que tinha uma ferida aberta na perna exibindo-a e pedindo esmola. Não aceitou medicamentos para reduzir e curar com a cicatrização da mesma…. Isto enseja a comparações com os que não possuem interesses e responsabilidades com a sociedade?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *