Início » Brasil » Professores da rede pública já recebem mais do que os da iniciativa privada
Educação

Professores da rede pública já recebem mais do que os da iniciativa privada

A distância entre as duas redes em termos salariais foi diminuindo, até que pela primeira vez em 2011, a rede pública superou a particular

Professores da rede pública já recebem mais do que os da iniciativa privada
O rendimento médio de um professor da educação básica na rede pública é 6% maior do que na rede privada (Reprodução/Internet)

Em média, a rede pública já paga salários melhores aos seus professores na educação básica em comparação à particular. A informação é do Globo e os dados são baseados na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O padrão era inverso até o final da década passada. A distância entre as duas redes em termos salariais foi diminuindo, até que pela primeira vez em 2011, a rede pública superou a particular. De acordo com os últimos números da Pnad, de 2013, o rendimento médio de um professor da educação básica na rede pública é 6% maior do que na rede privada.

Este padrão mudou, principalmente, por conta da melhoria salarial verificada no setor público no ensino médio e no segundo segmento do ensino fundamental. Enquanto os profissionais da rede pública destes dois segmentos registraram aumentos reais (superiores à inflação do período) entre 2002 e 2013, os que davam aulas no ensino particular viram seus salários caírem, quando considerada a inflação.

De acordo com Eduardo Deschamps, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a Lei do Piso Nacional do Magistério, aprovada em 2008, foi um dos fatores que contribuiu para que os rendimentos do setor público tenham superado os da rede privada.

Helena Bomeny, secretária municipal de educação do Rio, conta que a melhoria dos salários tem feito com que a relação de candidatos por vagas em concursos para o magistério aumente. O salário base hoje no município para 40 horas semanais é de R$ 4.410, chegando a R$ 4.947 quando somados benefícios como auxílio transporte, alimentação e bônus cultura, que elevam o valor do salário inicial para R$ 4.947.

Na comparação entre rendimentos dos setores público e privado, é preciso considerar que os salários tendem a ser mais homogêneos no setor estatal. Há colégios de elite no município do Rio, por exemplo, que pagam R$ 60 por hora de aula no ensino médio, enquanto outros pagam somente o piso, de R$ 15. Ou seja, o salário mensal de um professor da rede privada que consegue fazer 40 horas semanais nesses valores de hora aula pode variar de R$ 9.600 a R$ 2.400.

Em 2007, um estudo apresentado pelos pesquisadores Samuel Pessoa, Fernando Barbosa Filho e Luis Eduardo Afonso, da FGV e da USP, indicava que a vantagem salarial dos professores da rede privada variava apenas de 5% a 11%, a depender do nível de ensino. Entretanto, os autores já argumentavam na época, que a carreira no setor público era mais vantajosa do que no privado, considerando as regras de aposentadoria, mais favoráveis para servidores públicos do que na iniciativa privada.

Fontes:
O Globo-Professores de escolas estaduais e municipais já recebem mais que os de particulares

5 Opiniões

  1. Renato Fregapani disse:

    O que vejo, na prática, é o professor com uma matrícula na rede pública, só para garantir a aposentadoria; e um contrato na Escola Particular, porque o salário e o ambiente de trabalho são melhores.

  2. João Di Correa disse:

    No ensino superior a situação comparativa ainda é pior. Tem IES privada pagando R$ 30,00 por hora-aula para professor com doutorado. É pegar ou largar.

  3. Joma Bastos disse:

    Piso nacional do magistério.
    Professores com formação nível médio e carga horária de 40 horas semanais.
    (http://infograficos.oglobo.globo.com/sociedade/piso-nacional-do-magisterio.html)

  4. Joma Bastos disse:

    Piso nacional dos professores aumenta 13,01% e será de R$ 1.917,78.
    O MEC (Ministério da Educação) divulgou em 06/01/2015 o novo piso salarial dos professores.
    (http://educacao.uol.com.br/noticias/2015/01/06/piso-nacional-dos-professores-aumenta-1301-e-sera-de-r-191778.htm)

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *