Início » Brasil » Projeto pode facilitar compra de armas no Brasil
ESTATUTO DO DESARMAMENTO

Projeto pode facilitar compra de armas no Brasil

Novo texto reduz de 25 para 21 anos a idade mínima para compra de armas no país

Projeto pode facilitar compra de armas no Brasil
Novo texto também autoriza o porte de armas para deputados e senadores (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A comissão especial da Câmara dos Deputados destinada a votar alterações no projeto de Lei que altera o Estatuto do Desarmamento aprovou nesta terça-feira, 27, por 19 votos a 8, o texto-base do substitutivo apresentado pelo deputado Laudivio Carvalho (PMDB-MG).

Leia também: Armas de brinquedo instigam a violência?

O novo texto do projeto, renomeado de Estatuto de Controle de Armas de Fogo, afrouxa as exigências para compra e porte de armas e reduz de 25 para 21 anos a idade mínima para compra de armas no país.

As propostas de mudanças no texto ainda serão votadas pela comissão na próxima semana.

O texto também autoriza o porte de armas para deputados e senadores e propõe que o porte passe a ter validade de dez anos — atualmente deve ser renovado a cada três anos. Além disso, prevê que o cadastramento de armas seja gratuito, “para acabar com a imensa quantidades de armas existentes na clandestinidade”.

De acordo com o relator do projeto, Laudívio Carvalho, “na relação custo-benefício, que os marginais conhecem muito bem, os crimes se tornaram mais intensos e cruéis diante de uma sociedade sabidamente desarmada, acoelhada e refém dos delinquentes, que passaram a ser protegidos por uma lei que a eles permite tudo e, aos cidadãos de bem, nada”. O deputado argumentou ainda que restringir a aquisição e o porte de armas estabelece uma “paz unilateral”, para que os bandidos possam agir “em paz”.

Fontes:
Agência Brasil - Comissão especial aprova alterações no Estatuto do Desarmamento

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. helo disse:

    O tesouro depende dos impostos sobre armas, cigarro, bebidas alcoolicas, gasolina. Só falta legalizar e taxar o jogo e os entorpecentes. É a pátria educativa.

  2. Joaquim Caldas disse:

    Mãos ao alto? População rendida,bandidos livres? O governo rendeu a cidadania do povo brasileiro,mas manteve suas liberdades em furtar!

  3. Demerson camacho disse:

    Boa tarde, sou totalmente à favor ao estatuto de controle de armas de fogo e ao PL 3722/2012, já votei e quem quiser votar na camara é só ligar 0800 619 619 e dizer q é a favor do projeto de lei 3732/2012, Deputado Rogério peninha mendonça, e além de votar, poderá mostrar sua real opinião sobre seus direitos, (não o que a mídia mostra e somos obrigados a engolir, pois deveria ser considerado crime fazer reportagens tendênciosas, compradas, mentirosas e expor o conteudo destas como verdadeiro).

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *