Início » Brasil » PSDB e DEM já discutem cenários pós-Temer
CENÁRIO POLÍTICO

PSDB e DEM já discutem cenários pós-Temer

Partidos querem evitar uma possível volta de Lula, em caso de eleição direta

PSDB e DEM já discutem cenários pós-Temer
Temer disse que não vai renunciar em pronunciamento na TV (Foto: Lula Marques / AGPT)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Diante do caos político instalado após as delações da JBS, os principais partidos da base aliada do governo de Michel Temer, o PSDB e o DEM, estão se mexendo para evitar uma possível eleição direta. Os partidos temem que Lula volte a ser presidente. A informação é do Estadão.

Na última terça-feira, 23, a base aliada conseguiu adiar a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das eleições diretas, em caso de vaga na presidência. O projeto estava para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas acabou sendo retirado da pauta.

Tucanos e outros aliados já pensam em alternativas caso Temer deixe o poder. A renúncia é defendida por dirigentes do PSDB, do DEM e de uma parte do próprio PMDB. No entanto, Temer não quer renunciar e, por enquanto, ninguém pretende pressioná-lo. Um dos nomes considerados pelo PSDB para ser o substituto é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Já na Câmara, muitos deputados querem Rodrigo Maia (DEM-RJ) no cargo. Maia assume por 30 dias em caso de renúncia de Temer.

O PSDB pretende esperar o julgamento da chapa Dilma-Temer, pelo Tribunal Superior Eleitoral, previsto para o próximo dia 6, para resolver se continua ou não no governo.

“Se as reformas andarem, Temer fica. Se não, o próprio mercado, que o sustenta hoje, pedirá para ele sair”, afirmou o deputado Paulo Pereira da Silva, presidente do Solidariedade.

Fontes:
Estadão-PSDB e DEM fazem apostas pós-Temer

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *