Início » Brasil » PT vai recorrer à ONU para manter candidatura de Lula
ELEIÇÕES 2018

PT vai recorrer à ONU para manter candidatura de Lula

Partido também vai apresentar dois recursos ao STF

PT vai recorrer à ONU para manter candidatura de Lula
TSE negou na semana passada o pedido de candidatura de Lula (Fonte: Reprodução/Instituto Lula)

O PT vai recorrer ao Comitê de Direitos Humanos da ONU para tentar garantir a candidatura de Lula à presidência da República nas eleições deste ano. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 3, pela direção do partido.

Também devem ser apresentados pelo PT outros dois recursos ao Supremo Tribunal Federal (STF). O Tribunal Superior Eleitoral negou na semana passada o pedido de candidatura de Lula e o PT agora tem um prazo determinado para substituir o nome do ex-presidente na chapa.

O TSE definiu que Lula não pode aparecer como candidato em propaganda política e também não constará na cédula eleitoral.

A decisão de adiar a apresentação de Fernando Haddad como candidato a presidente e de recorrer à ONU e ao STF foi tomada nesta segunda após uma reunião de Lula com o próprio Haddad e com a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT.

Em nota publicada nas redes sociais, Gleisei ressaltou: “denunciaremos à ONU o não cumprimento do que determinou em relação à candidatura de Lula, assim como entraremos com recursos judiciais cabíveis para defender essa candidatura”.

Fontes:
EBC - PT recorrerá de novo à ONU e ao STF para garantir Lula como candidato

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. José Miguel disse:

    Inacreditável como uma “senadora” da republica desconheça que o Brasil é uma nação soberana e não recebe “determinações” e muito menos ordens da ONU, assim como de nenhum outro órgão internacional que fira a soberania nacional. Olha o nível de nossos parlamentares, isso já se transformou numa palhaçada!!

  2. ISMAEL disse:

    O que esse ladrão ainda quer?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *