Início » Brasil » Qualidade de vida de idosos brasileiros está abaixo da média global, diz relatório
Dia Internacional do Idoso

Qualidade de vida de idosos brasileiros está abaixo da média global, diz relatório

Brasil ocupa a 58º posição em ranking de 96 países, atrás de Bolívia, Equador e El Salvador

Qualidade de vida de idosos brasileiros está abaixo da média global, diz relatório
Terceira idade critica o acesso aos transportes públicos, um dos índices com a pior avaliação na pesquisa (Reprodução/Pedro Kirilos)

Inseguros, empobrecidos, com dificuldade de locomoção, acesso precário à saúde, à educação e a outros serviços. Essas foram em parte as conclusões da pesquisa mundial Global AgeWatch Index, divulgada nesta quarta-feira, 1, Dia Internacional do Idoso. A pesquisa expõe, em números, as dificuldades enfrentadas pelos idosos brasileiros.

Tais resultados colocam o Brasil em 58º lugar, em uma lista de 96 países avaliados. A posição deixa o Brasil atrás de países mais pobres, como Bolívia, Equador e El Salvador.

Cerca de 11% da população brasileira é composta por maiores de 60 anos. Em 2050, estima-se que esse percentual será de 29%. Apesar disso, as políticas públicas não dão à população idosa recursos suficientes para atendê-la, conforme o relatório, que entrevistou mil idosos no país. Segurança e transporte público obtiveram as piores avaliações na pesquisa.

A Noruega figura na primeira posição do ranking, seguida de Suécia, Suíça, Canadá e Alemanha. No outro extremo da lista, estão Afeganistão (em último), Moçambique, Cisjordânia e Gaza, Malauí e Tanzânia.

“O índice ressalta esse descompasso entre os avanços em termos de longevidade e um atraso nas políticas públicas que valorizem as pessoas mais velhas”, afirmou Asghar Zaidi, do Centro de Pesquisa de Envelhecimento da Universidade de Southampton (Reino Unido), que coordenou o estudo em parceria com a ONG HelpAge International.

O documento é o único parâmetro de bem-estar dos idosos disponível no mundo e surgiu como um método de avaliação (e pressão) dos países na implementação de ações. Trata-se da compilação de dados do Banco Mundial e das agências especializadas da ONU. O trabalho também leva em conta a opinião dos idosos no tocante a renda, saúde, seguridade social, emprego, educação, segurança e transporte.

Fontes:
O Globo-Qualidade de vida de idosos brasileiros está abaixo da média global, mostra relatório

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *