Início » Brasil » Quase metade da área original do Cerrado já foi devastada
Bioma quase em extinção

Quase metade da área original do Cerrado já foi devastada

Entre 2002 e 2008, foram devastados 85 mil km² de cobertura nativa da região

Quase metade da área original do Cerrado já foi devastada
Pesquisa sugere que sejam criadas áreas de preservação

O Cerrado precisa urgentemente de unidades de conservação. É o que diz o relatório divulgado nesta quarta-feira, 1°, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o levantamento, o nível de devastação do bioma já atinge quase a metade da área original (48,3%), e a biodiversidade do mesmo tem sido ameaçada pelo desmatamento e a expansão desenfreada do agronegócio.

Em seis anos, a região perdeu 6,3% da vegetação, num ritmo de destruição superior ao da Amazônia.

Devastação do cerrado aumentará 14% até 2050

Entre 2002 e 2008, foram devastados 85 mil km² de cobertura nativa do cerrado, o que equivale a 4,1% do atual 1.052 milhão de km², segundo dados do Ministério do Meio Ambiente.

Em resposta à rápida degradação, a pesquisa sugere que sejam adotadas medidas urgentes e que sejam criadas áreas de preservação próximas a fronteiras agrícolas.

O bioma merece “especial atenção e medidas de proteção e controle se fazem necessárias”, diz trecho do documento.

Além disso, o documento define o Cerrado como “a savana mais biodiversa do mundo” e um importante produtor de grãos para o país. A maior parte do mesmo está localizada na região Centro-Oeste, sendo o Mato Grosso o estado com maior índice de devastação do Cerrado entre 2002 e 2008, com 17,5 mil Km² .

Fontes:
Agência Brasil - Com quase metade da área original devastada, Cerrado precisa de unidades de conservação, diz IBGE

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *