Início » Brasil » Quatro ex-deputados viram réus na Lava Jato
Justiça Federal

Quatro ex-deputados viram réus na Lava Jato

André Vargas, Luiz Argôlo, Pedro Corrêa e Aline Corrêa foram denunciados pelo Ministério Público Federal

Quatro ex-deputados viram réus na Lava Jato
Da esquerda para a direita: Luiz Argôlo, Pedro Corrêa, André Vargas e Aline Corrêa (Fonte: Reprodução/Câmara dos Deputados/AGB/Estadão)

A Justiça Federal aceitou denúncia criminal contra os ex-deputados federais André Vargas, Pedro Corrêa, Aline Corrêa e Luiz Argôlo, acusados de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras e de fraudes em contratos de publicidade com órgãos públicos.

Os quatro ex-deputados foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF). Eles são os primeiros ex-parlamentares réus em processos decorrentes da operação Lava Jato. Os quatro negam a prática de atos ilícitos.

Outros nove denunciados pelo MPF na semana passada também tiveram denúncias aceitas pela Justiça Federal e viraram réus, incluindo o doleiro Alberto Youssef.

De acordo com o MPF, Pedro Corrêa responde por crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. A filha de Pedro Corrêa, Aline Corrêa, também responde pelo crime de peculato. Luiz Argôlo responde por corrupção, lavagem de dinheiro e peculato. Já André Vargas responde por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Fontes:
G1 - Justiça aceita denúncias contra quatro ex-deputados na Lava Jato

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *