Início » Brasil » Que venha o Carnaval
Pão e o Circo

Que venha o Carnaval

Nada de trapalhadas do governo. É hora de pular Carnaval, de participar dos blocos de rua, de sambar, de ver peitos siliconados na televisão

Que venha o Carnaval
Chega de falar das maquiagens contábeis do governo. É hora de festejar (Reprodução/Internet)

Hoje é sexta-feira, véspera do feriadão de Carnaval. O bom senso demanda que o tema desse comentário seja leve, se possível até positivo. Afinal, não queremos estragar o clima de ninguém com coisas sombrias.

Por exemplo: eu não pretendo falar de como o governo Dilma está destruindo a Petrobras. Seria triste demais lembrar que todos aqueles que acreditaram que “o petróleo é nosso”, na promessa de autossuficiência de combustível, que as ações da estatal “orgulho nacional” dariam uma boa rentabilidade, foram ludibriados, deliberadamente enganados, feitos de otários.

Tampouco pretendo falar das patéticas maquiagens contábeis do governo para fingir que ainda cumpre a meta de superávit primário. Novamente, isso iria estragar a alegria dos foliões, podendo causar indigestão e mal-estar nesse momento de festa. Quem quer saber de Mantega no Carnaval? Se ainda fosse KY…

O leitor será poupado também de outros assuntos chatos, como a “bolsa novela” que o governo quer criar para levar a televisão digital aos mais pobres, incluindo aqueles que dependem das esmolas estatais para viver (afinal, novelas são itens necessários em nossa cesta básica). Quem quer se preocupar com mais um privilégio, mais uma esmola, mais um esquema de compra de votos, tudo pago com o couro da classe média?

Nada disso. É hora de pular Carnaval, de participar dos blocos de rua, de sambar, de ver peitos siliconados na televisão. Ou, se o leitor tiver um perfil mais parecido com o meu, é o caso de aproveitar o feriado para ler um bom livro e passar tempo com a família. Qualquer coisa, menos falar das trapalhadas do governo. Por isso poupei o leitor desses temas incômodos. Que venha o Pão e o Circo! Que venha o Carnaval…

Fontes:
Instituto Liberal-Que venha o carnaval

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

8 Opiniões

  1. Luiz Mourão disse:

    Um evento com TANTAS ilegalidades envolvidas, direta ou indiretamente…
    Só mesmo um povinho sem brio e sem qualidade, como esse povinho brasileiro, ainda dá importância a essa bobagem…
    Triste…

  2. wandereley f.silva disse:

    ACHO QUE O CHICO BUARQUE EXAURIU ESTE TEMA NO SAMBA” VAI PASSAR” DELE COM MÚSICO DO FRANCIS HIME.
    ALI ESTÁ O RETRATO SEM RETOQUE DESTA FESTA.
    PALMAS DA ALA DOS BARÕES FAMINTO,PRA ALA DOS NAPOLEÕES RETINTOS DOS PIGMEUS DO BOLEVAR.
    O BAHIANO JÁ PROFISSIONALIZOU SEU CARNAVAL TAMBÉM.
    O PERNAMBUCANO É LOUCO E SE DEIXAR ELE VIRA A SEMANA PASSA POR CIMA DA QUARTA, QUINTA E VAI.–AQUELA GENTE NÃO CANSA.
    O GALO DA MADRUGADA É INCONTESTAVELMENTE O MAIOR BLOCO DE FOLIA DO BRASIL.
    VAI O ARCEBISPO -O PREFEITO -O JUIZ DE DIREITO E ASSIM DE DEPUTADOS,ENFIM RECIFE TODA.

  3. Ewerton Azevedo do Nascimento Ribeiro disse:

    Caro Rodrigo,

    Comentar trapalhada do governo é facil para todos nós brasileiros, só que nenhum de nós que fazemos comentários críticos, sabemos ou fazemos nada para melhorar o país, só perdemos tempo lendo ou escrevendo o que ta errado ou o que por não estarmos dentro do centro das decisões achamos que ta errado. Meu amigo, só toma decisão quem ta lá, junto com as pessoas que estão lá, vendo os problemas que não dependem de uma só cabeça para passar o lápis assim como você afirma que Dilme ta acabando com a Petrobrás. Se está mesmo será que é só ela que está por trás disso? Ela tem o poder sozinha de acabar com uma estatal? Vamos pensar mais em procurar ajudar ao próximo e ver se mudamos o quadro e pararmos de ficar só julgando erros ou acertos de forma negativa das outras pessoas.

    Bom carnaval para você e sua familia e sucesso sempre.

  4. Ivone Sucena disse:

    Caro Luiz Mourão
    Detesto Carnaval e tpdps os excessos que ele envolve mas nem por isso menosprezo o povo brasileiro atribuindo a ele adjetivos que o desqualificam.
    Se o povo deste pais lhe causa tanto desprezo não estaria na hora de você pedir asilo em um país habitado por pessoas “brilhantes”?
    Boa viagem

  5. J. Cardoso disse:

    Sr. Ewerton, quem paga imposto no Brasil tem o direito de exigir eficiência nas ações governamentais. Quem não tem competência que não vá exercer cargos bem remunerados no governo. Assim, os espoliados brasileiros que pagam impostos já contribuem, e muito, para melhorar o país. Precisa mais? Ou não temos o direito de reclamar das incompetências adminstrativas governamentais?

  6. Regina Caldas disse:

    nem é preciso deixar de comentar o óbvio do que ocorre no país….já sabemos o que vem pela frente com o descontrole inflacionário, Petrobrás descendo a ladeira..empresas falindo…aumento da inadimplência..

  7. Áureo Ramos de Souza disse:

    Gostei prezado repórter Rodrigo que sejas uma constante, pois fizeste me lembrar do Claudio Schams. E o Carnaval, o carnaval vai passar , palmas pra ala dos Renan famintos, e as belezas dos Dirceus retintos e o pigmeu do Lula-lá, meu Deus vem olhar uma esquecida já, e a solução da Petrobrás vamos deixar pra lá. Ho que vida boa ou lelê ou que vida boa ou lalá e a seleção já mostrou como está.

  8. Honório Tonial disse:

    QUE DEMOCRACIA É ESTA ?
    Num país que paga um “salário-fome” ao sofrido trabalhador?
    Que remunera os presidiários? Que os legisladores e governantes recebem polpudos honorários, alguns deles até ´para pular o carnaval?
    Um país sem segurança.péssima saúde e educação?
    Estradas assassinas que deixam acima de 40.000defuntos anualmente?
    País em que até o PCdoB é democrático? ( Ou não é comunista ou não é democrático). Ou o Diabo pode tomar água benta?
    E a segurança..! Aos 87 anos não posso sair na rua por medo do assaltos.
    Num país no qual a juventude é vítima das drogas?
    A corrupção deslavada ser´ Democracia?
    Deus é negado ou esquecido?
    Apenas um preâmbulo

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *