Início » Brasil » Queda na inflação leva BC a acelerar corte na taxa de juros
ECONOMIA

Queda na inflação leva BC a acelerar corte na taxa de juros

Queda no IPCA permitiu ao BC fixar a taxa de juros em 13%, patamar mais baixo que o previsto pelo mercado financeiro

Queda na inflação leva BC a acelerar corte na taxa de juros
Paradoxalmente, a queda na inflação é um reflexo da recessão que assola o país (Foto: EBC)

A queda no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou 2016 em 6,29%, dentro do teto da meta de 6,5% do governo, fez o Banco Central (BC) acelerar seus planos para reduzir a taxa de juros.

Na última quarta-feira, 11, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu em 0,75% a taxa básica de juros (Selic), agora em 13% ao ano. A decisão foi unânime no comitê e pegou de surpresa o mercado financeiro, que apostava em uma redução de 0,50%.

Em nota, o Copom justificou o corte, afirmando que considerou um corte menor, mas que a queda na inflação permitiu um corte mais agressivo. Foi o terceiro corte consecutivo na taxa de juros.

Paradoxalmente, a queda na inflação é um reflexo da recessão que assola o país. O desemprego, que atualmente afeta 12 milhões de brasileiros, fez cair a renda das famílias, levando a uma redução no consumo. A menor demanda levou a uma queda nos preços para atrair consumidores.

“Quantitativamente o resultado é bom, mas qualitativamente ela representa esse componente recessivo da economia e não uma melhora estrutural”, disse economista Otto Nogami, professor do Insper, em entrevista ao jornal El País.

Fontes:
El País-Banco Central acelera corte de juros após bom comportamento da inflação

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *