Início » Brasil » Rafales na mira do MPF
Inquérito

Rafales na mira do MPF

Rafales na mira do MPF
Caça Rafale

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Mesmo antes de o Ministro de Defesa, Nelson Jobim, apontar o caça francês Rafale como a melhor opção de compra para a Força Aérea Brasileira (FAB), nesta quarta-feira, 7, um inquérito já havia sido aberto. Ele foi instaurado pelo Ministério Público Federal (MPF) no dia 30 de março com o objetivo de apurar a preferência de compra, ainda que com outros concorrentes com melhores preços – Gripen (sueco) e super Hornet (norte-americano).

A pedido do procurador José Alfredo de Paulo e Silva, a portaria que instaurou o inquérito examina se a decisão do governo brasileiro possa ser “por critério de política externa”.

O estudo da Secretaria de Assuntos Internacionais, de acordo com o ministro, informou que, “pelos aspectos técnicos, qualquer um satisfazia as necessidades do Brasil”. No entanto, “pelos aspectos de política de defesa, o Rafale era mais consistente com a Estratégia Nacional de Defesa, não obstante os custos”.

A compra dos 36 caças ainda terá de ser submetida ao Conselho de Defesa Nacional, cuja reunião ainda não foi convocada e a apuração do MPF ainda não foi iniciada porque o procurador que pediu a investigação está em férias.

Fontes:
Estadão - MPF abre inquérito para investigar compra de caças
Terra - Jobim aponta caça como a melhor oferta em análise

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *