Início » Brasil » Randolfe é candidato
Coluna Esplanada

Randolfe é candidato

Nome do senador amapaense surge como principal aposta do PSOL para as eleições presidenciais de 2014

Randolfe é candidato
Randolfe Rodrigues confirmou discretamente que PSOL discute sua candidatura para 2014 (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Siga o colunista no Twitter @leandromazzini

Leandro Mazzini é jornalista e escritor

O PSOL já debate lançar o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) à Presidência. ‘Há uma discussão interna’, confirma com discrição o parlamentar amapaense. Com a fundadora do partido Heloísa Helena em Maceió, ele se tornou o maior e mais visível nome da legenda, que precisa lançar candidato para sobreviver às urnas. ‘Mas cada dia com sua agonia’, diz o senador, que pode concorrer com Dilma Rousseff (PT), que tentará a reeleição, e o senador Aécio Neves, o potencial candidato tucano, entre outros.

Precedente

As últimas eleições provaram que a terceira via sempre assusta os favoritos. Foi assim com Enéas, Heloísa Helena, Garotinho e Marina Silva, que pode voltar ao PV.

Além-Temer

O PMDB continuará com Dilma. Mas para 2018, estuda lançar Sérgio Cabral (abalado com as denúncias dos passeios europeus) ou Nelson Jobim, da ala independente.

Campos

O PSB também tem projeto para 2018, com o atual governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Aos poucos, os aliados devem se desgrudar do PT.

Revelações de Cesar

Um dos sobreviventes do combalido DEM, o ex-prefeito do Rio Cesar Maia diz à coluna que espera se eleger com 50 mil votos para vereador na capital que comandou por quatro vezes. A amigos, revela que seu projeto é o governo do Rio, e que já prepara palanque para Aécio Neves no estado.

Voto duplo

Cesar quer ajudar o filho, deputado Rodrigo Maia, na campanha à prefeitura. De quebra, trabalha o voto duplo. ‘Claro que a quantidade de votos terá desdobramento (para 2014). Com 50 mil fico quietinho aqui no Rio’, diz, sem projeto nacional.

Saladão

A disputa no Rio será acirrada, pelo que se prevê para 2014. Além de Cesar Maia, Garotinho (PR) pretende voltar. Cabral vai lançar Luiz Pezão, seu vice do PMDB. O senador Lindbergh Farias (PT) também quer a vaga.

Na rede

Serra saiu na frente, como publicado aqui. Fala de tudo no Twitter para conquistar voto eclético. Chalita (PMDB) e Haddad (PT) começarão a fazer o mesmo em SP.

Castrado

Em Teresina, Antonio Alves de Sousa quis disputar a Câmara como ‘Pau Torto’. E o juiz, censurador: ‘Nesta Zona, pau torto não entra’. Registrou ‘Antonio Torto’.

Brasiiillll

Em Picos, também no Piauí, o leitor José Francisco Costa encontrou os candidatos Cafuringa Jogador, Bigode Branco, Zé Moreno, Damião do Peixe, Bezerra do Mel, Bambu, Zé Gotinha, Toinho da Chica, Deção.

Vingança

Defenestrada da Casa Civil da Presidência pela própria chefe, e não pela mídia, Erenice Guerra reuniu advogados. Quer processar jornalistas que publicaram denúncias de suposto tráfico de influência.

Táxi brazuca…

No London Film Museum, onde a Embratur lançou a campanha de divulgação do país para a Copa e Jogos, a presidente Dilma se deparou com três dos 100 táxis londrinos ‘envelopados’ com imagens do Brasil.

… e gremista

O presidente da autarquia, Flávio Dino, presenteou o neto de Dilma, Gabriel, com uma miniatura do táxi na cor azul. Piadista, o presidente da Câmara, Marco Maia, provocou: devia ser vermelho, a cor do Inter da presidente.

Plantão julhino

Todos os ministros ficaram com medo de sair de Brasília por causa de Dilma, que tem mania de ligar nos fins de semana e pedir balanços. Férias, só fim do ano.

Taxiando

Nos corredores da Anac diz-se que o diretor Marcelo Guaranys trabalha para assumir a Secretaria de Aviação Civil, feudo do padrinho Nelson Jobim.

Ponto final

Marta e Formiga precisam passar no CT da seleção masculina de futebol para darem umas aulas.

Com Marcos Seabra

contato@colunaesplanada.com.br
www.colunaesplanada.com.br

* É proibida a reprodução total ou parcial da coluna sem a prévia autorização do editor da Esplanada

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Victor M. Siva disse:

    RENOVAÇÃO TOTAL.

    Isto faria com que os atuais políticos que se locupletaram do poder para angarias vantagens, através das legislações em causa própria – entre outras ações nefastas – sejam “exonerados” a bem do serviço publico.

    Esta é a proposta que esta ganhando corpo. Renovação não só de candidatos, mas – principalmente- de partidos, evitando que uma sigla se perpetue no poder conquistando a hegemonia absoluta tipo venezuelana, com uma gritante diferença: A CORRUPÇÃO.

    Mesmo os melhores políticos de partidos questionáveis acabam se acumpliciando, pois o que preocupa não é o grito dos maus, mas o silencio dos bons que nada fazem contra as mazelas de seu entorno.

    A “Alternância de Poder” e o processo mais eficaz contra a corrupção, propiciando o novo partido eleito questionar eventuais falcatruas da gestão anterior.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *