Início » Brasil » Raquel Dodge pede suspensão de inquérito contra Temer
POLÍTICA

Raquel Dodge pede suspensão de inquérito contra Temer

Segundo PGR, inquérito deve ser suspenso até o fim do mandato de Temer

Raquel Dodge pede suspensão de inquérito contra Temer
Pedido da PGR foi enviado ao STF nesta terça-feira (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender o inquérito que investiga o presidente Michel Temer por suposto favorecimento da construtora Odebrecht entre 2013 e 2015.

Em seu pedido, que foi enviado ao STF nesta terça-feira, 25, Raquel Dodge aponta que o inquérito deve ser suspenso até o fim do mandato do atual presidente, uma vez que Temer deve responder apenas a supostos crimes cometidos durante o mandato.

Além de Temer, outros investigados são os atuais ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. A investigação é baseada na delação premiada de um ex-executivo da Odebrecht, que relatou o repasse de R$ 10 milhões para campanhas do PMDB (atual MDB) acertado em um jantar que teria ocorrido no Palácio do Jaburu em maio de 2014.

A PGR pediu a inclusão de Temer entre os investigados no inquérito no ano passado por considerar que “há interesse público em evitar o perecimento da prova e, com ela, da verdade, o que justifica a abertura de investigação criminal a ser feita com a maior brevidade possível e no período mais próximo à data do fato apurado”.

Raquel Dodge ressaltou que é preciso “aguardar o término do mandato presidencial para a formação da opinio delicti em relação aos fatos relacionados ao senhor presidente da República Michel Miguel Elias Temer Lulia”.

Fontes:
EBC - Raquel Dodge pede ao Supremo para suspender inquérito sobre Temer

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *