Início » Brasil » Recado foi dado
COLUNA ESPLANADA

Recado foi dado

Tribunais de Justiça dos Estados podem a partir de hoje ter um respaldo jurídico maior para pedir eventuais prisões de parlamentares envolvidos em esquemas de corrupção

Recado foi dado
Em Brasília, deputados são suspeitos de desvio de recursos públicos, em ação do MP (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A decisão inédita dos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ e ES) foi um recado claro a todos os deputados estaduais do país: foi aberto o precedente. Com a devida jurisprudência, Tribunais de Justiça dos Estados podem a partir de hoje ter um respaldo jurídico maior para pedir eventuais prisões de parlamentares envolvidos em esquemas de corrupção. A lição fica, em especial, para a Câmara Distrital de Brasília e para a Assembleia Legislativa do Amapá, que tiveram membros da Mesa Diretora afastados.

Por aqui

Em Brasília, deputados são suspeitos de desvio de recursos públicos, em ação do Ministério Público. E há outras Assembleias na mira da Polícia.

Lá em cima

No Amapá — que já teve até presidente da Casa preso anos atrás — hoje a Assembleia convive com briga de dois grupos de deputados no TJ pelo comando da Mesa.

Maria Mole

Paulo Melo, vulgo Maria Mole na lista da suposta propina da Fetranspor (começou a vida vendendo suspiros em Saquarema), chorou ontem a manhã toda antes da prisão.

É guerra

Se não for na madrugada, será no dia. A ALERJ vai revogar a prisão dos deputados Melo, Jorge Picciani e Albertassi. E não vai afastá-los do cargo como determina o TRF.

Cidade$

Pelo comando do Ministério das Cidades, o ministro Gilberto Kassab (Comunicações) tem argumentado que o PSD foi fiel ao presidente Michel Temer nas votações que enterraram as duas denúncias da PGR — e proporcionalmente mais que o PMDB, que cobra a pasta no consórcio liderado pelo presidente do partido, senador Romero Jucá.

Cabra Huck

O Palácio do Planalto tem uma pesquisa que mostra Luciano Huck um forte candidato na região Nordeste. Ele tem avaliação melhor que a de Lula da Silva em alguns estados. E rejeição mais baixa em todos eles, em comparação com os presidenciáveis já na pista.

Rico Huck

De família judia, Huck também é bem aceito pelos judeus bilionários do Jardins de São Paulo, entre banqueiros e industriais. Mas será difícil ele trocar a tela pelas ruas.

FBI na cola

Pelo ritmo da partida até aqui, Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, será o único presidente de confederação a não pisar na Rússia na Copa do ano que vem.

Haja reza

A comunidade católica de Brasília está revoltada com a abertura da exposição ‘Contraponto’, no Museu da República, amanhã — e que fica até fevereiro. Houve convocação para protesto amanhã e para a “reza de mil Ave-Marias” no local.

Arte x fé

A expo é mostra de coletivo do acervo de um empresário, mas as críticas são contra as obras de Antônio Obá, polêmicas figuras sacras nuas ou com intervenções consideradas desrespeitosas pela Igreja. A CNBB, dos bispos, vai monitorar os humores.

Funai com apito

O Ministério do Planejamento autorizou a Funai a nomear 213 servidores aprovados no concurso da fundação em 2015. São engenheiros, agrônomos, contadores e 202 cargos de indigenista especializado, para comemoração do presidente Franklinberg de Freitas.

Tá bom

A Febraban rebate nota sobre a cobrança de boletos registrados. Informa que a tarifa sobre o serviço sempre existiu, sob fiscalização, e que é exagerado falar em R$ 72 bilhões de lucro líquido. Cita ainda que a Nova Plataforma de Cobrança, implantada em julho, moderniza o serviço bancário — como evitar fraudes e duplicidade na cobrança.

Rio tem jeito

A exemplo de Londres e Las Vegas, o Rio de Janeiro vai ganhar sua mega roda gigante, revelou o colunista Paulo Cappelli, do Informe O Dia. Será um investimento privado, e ficará perto do AquaRio.

Brasil tem jeito

Um dos assassinos do índio Gaudino foi impedido recentemente pela Justiça do DF de tomar posse como (acredite!) policial civil. O processo corre em segredo de Justiça, revelou a colunista Milena Lopes, do Jornal de Brasília.

Ponto Final

O STJ negou ontem recurso do deputado Jair Bolsonaro contra ação vencida pela deputada Maria do Rosário (PT-RS) na Justiça do DF, naquele caso em que ele disse que ela não merecia ser estuprada. Bolsonaro foi condenado a pagar indenização.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Markut disse:

    Quanto aos nossos gestores,em geral,não há como não lembrar os irmãos Marx (nada a ver com o Karl): “tenho princípios, mas, se não gostar , tenho outros”.

  2. Beraldo disse:

    Palavras de Michel Temer, em campanha na TV, em prol da Reforma da Previdência, em clara menção às aposentadorias dos servidores públicos:

    “Tem muita gente no Brasil que trabalha pouco, ganha muito e se aposenta cedo”

    Exemplo clássico é ele próprio, que se aposentou aos 55 anos.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    O LM não fala destas coisas!

    Porque será hein?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *