Início » Brasil » Refinaria Abreu e Lima apresenta superfaturamento de R$ 367 mi, diz TCU
Corrupção na Petrobras

Refinaria Abreu e Lima apresenta superfaturamento de R$ 367 mi, diz TCU

Relatório divulgado pelo TCU aponta indícios de superfaturamento de pelo menos R$ 367 milhões em quatro contratos para a construção da refinaria

Refinaria Abreu e Lima apresenta superfaturamento de R$ 367 mi, diz TCU
Inicialmente orçadas em R$ 2,5 bilhões, o custo das obras da refinaria saltou para R$ 20 bilhões este ano (Reprodução/Internet)

Um relatório divulgado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) nesta quarta-feira, 24, revelou que os quatro contratos assinados pela Petrobras para a construção da refinaria Abreu e Lima, no município de Ipojuca, em Pernambuco, somaram uma quantia superfaturada de pelo menos R$ 367 milhões até abril deste ano.

Leia mais: Auditores suspeitam de corrupção em obras da refinaria Abreu e Lima
Leia mais: Petrobras omitiu do TCU as estimativas de custos da refinaria Abreu e Lima
Leia mais: Custo da Refinaria Abreu e Lima salta de US$ 2 bilhões para US$ 20 bilhões

O ministro-relator, José Jorge, que apresentou o relatório, classificou a construção da refinaria como um “caso péssimo” na história da estatal. Segundo Jorge, os valores dos quatro contratos foram reajustados entre 70% e 80%, acima da média de 56% dos demais contratos.

Para Jorge, os reajustes foram inadequados. “Estes reajustes estão superdimensionados”, disse o ministro relator. Para ele, a Petrobras deve adotar um novo critério para contratos vigentes até 2015.

Os contratos da Petrobras para a construção da refinaria estão sendo investigados pela Operação Lava-Jato. A suspeita é de que o grupo liderado pelo doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa usaram os contratos da refinaria com empreiteiras de fachada para desviar verbas da estatal.

A construção da refinaria está sendo tocada pelo Consórcio Nacional Camargo Correia (CNCC), que venceu a licitação para as obras. Segundo a denúncia do TCU, o contrato firmado entre a empreiteira e a Petrobras apresenta “indícios de superfaturamento na execução e fornecimento de materiais de até R$ 446,2 milhões”.

Em 2005, quando o projeto da refinaria foi apresentado, as obras estavam orçadas em R$ 2,5 bilhões, valor que saltou para R$ 20 bilhões este ano.

Fontes:
Estadão-Irregularidades em Abreu e Lima somam R$ 367 mi, diz TCU

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    É dali que saiu o dinheiro para a campanha do PT e seus aliados.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *