Início » Brasil » Reforma da previdência englobará todos os trabalhadores
APOSENTADORIA

Reforma da previdência englobará todos os trabalhadores

Mudanças previstas pela PEC afetarão trabalhadores dos setores públicos e privado, além de militares, membros das Forças Armadas e parlamentares

Reforma da previdência englobará todos os trabalhadores
Temer deve se decidir sobre o texto na próxima semana (Foto: Agência Brasil)

Membros da equipe de governo de Michel Temer finalizaram e encaminharam ao presidente o texto da Proposta de Emenda Constitucional 241, que altera as regras do sistema previdenciário.

As mudanças previstas pela PEC afetarão todos os trabalhadores brasileiros, sendo eles do setor público ou privado, além de parlamentares e militares, incluindo as Forças Armadas.

A proposta também vai tapar todas as brechas legais atualmente usadas para a chamada “desaposentadoria”, que dá ao aposentado a possibilidade de continuar trabalhando para recalcular o benefício.

Para impedir a prática, o texto da proposta deixa claro que a aposentadoria é “irreversível e irrenunciável”.

Hoje, há milhares de ações na Justiça de aposentados que retornaram ao mercado de trabalho e exigem o direito de recalcular o benefício. O tema é discutido desde 2003 e, atualmente, está nas mãos do Supremo Tribunal Federal (STF).

A preocupação do governo é que uma decisão favorável aos trabalhadores aposentados representará um custo de US$ 100 bilhões para a União. O temor é referente ao alto custo das aposentadorias e pensões no Brasil.

Temer deve se decidir sobre o texto na próxima semana. Ele pretende enviar a PEC ao Congresso em outubro, se possível, antes das eleições municipais.

Fontes:
O Globo-Reforma sem distinção na Previdência

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Jorge disse:

    Policiais militares e bombeiro militar como vai ter idade para trabalhar? É um absurdo que querem fazer… Senhores deputados não deixem passar esse absurdo

  2. Beraldo disse:

    Aquela turma de óculos escuros, classe média média/alta, que promoveu as manifestações de rua contra Dilma Rousseff, em volta do Patinho Amarelo do Paulo Skaf, já deve estar percebendo que atirou no próprio pé.

    Resta saber se ela (a turma de óculos escuros classe média) vai se juntar aos trabalhadores “piso de fábrica e assemelhados”, militantes/eleitores do PT, nas breves manifestações de ‘FORA TEMER-ELEIÇÕES JÁ”, que deverão eclodir pelo Brasil inteiro.

    Nada como um dia depois do outro!

  3. Santosy disse:

    É um governo ilegítimo para tratar desse assunto, além do mais a maioria esmagadora dos aposentados ganha um salário minimo.
    O sr. Temer é que ganha 30 mil reais como aposentado do Governo do Estado de São Paulo.
    Um ficha suja não pode governar o país.

  4. Alberto disse:

    Parabéns, já estava na hora de aplicar a igualdade para todos, não é justo que privilegie uma parte da sociedade em detrimento de outra. O servidores já ganham bem demais para trabalhar pouco e é injusto que se aposentem mais cedo e ainda com o salário que percebia. Parabéns para os deputados e Temer que, ilegítimo ou não tem que fazer o certo. “Chega de mordomia para servidor público, esse povo tem que trabalhar igual o trabalhador da iniciativa privada. Não produziu, ruaaaaaaa

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *