Início » Brasil » Reguffe e Bolsonaro cobiçados
COLUNA ESPLANADA

Reguffe e Bolsonaro cobiçados

Legendas querem Reguffe e Bolsonaro como candidatos ao Palácio do Planalto

Reguffe e Bolsonaro cobiçados
Dois nomes do Congresso entraram na mira de pequenos e médios partidos (Fonte: Reprodução/Montagem/Câmara dos Deputados/Agência Brasil)

A 16 meses do início da campanha à Presidência da República, dois nomes do Congresso Nacional, de perfis bem distintos, entraram na mira de pequenos e médios partidos. Pelo menos quatro partidos, entre eles o PDT, Rede e o Novo, sondaram o senador Antonio Reguffe (DF), hoje sem legenda. E o deputado Jair Bolsonaro avança nas tratativas para trocar o PSC pelo PHS. As legendas querem Reguffe e Bolsonaro como candidatos ao Palácio do Planalto.

Novo amigo

O presidente do Novo, João Dionísio, teve uma conversa com Reguffe há 15 dias. O senador não tem dito sim, nem não, a quem o procura. Mas não pensa em Presidência.

Trio da pesada

Bolsonaro tem 6% nas pesquisas estimuladas, e acha que vai crescer. Ele vai levar outros dois filhos deputados — um federal e um estadual — para uma nova legenda.

Tô fora

O clima está tão ruim entre Bolsonaro e o presidente do PSC, Pr Everaldo, que há seis meses não se falam, e há quatro meses o deputado não entra na liderança do partido.

Troféu Lava Jato

A melhor do ano é de Paulo Lacerda, ex-diretor da Polícia Federal, em depoimento à Justiça Federal ontem, no processo que investiga o ex-presidente Lula da Silva. Ao fim do depoimento, indagado pelo juiz se teria algo que desabonasse Lula, ele disse que sim, o que causou furor na sala. Encerrou: “A indicação de Dilma para a presidência”.

Blindagem dupla

Paulo Lacerda e o também ex-diretor da PF Luiz Fernando Corrêa depuseram no mesmo processo como testemunhas de Lula. Ambos negaram qualquer interferência do então presidente na corporação ou direcionamentos em investigações do Mensalão.

Radiografia

Lacerda ainda lembrou ao juiz que, se hoje a PF é o que é em credibilidade e com poder de investigação, foi em especial o ex-presidente Lula quem ajudou a turbinar o novo perfil da Polícia e o orçamento. Mas os delegados ainda reclamam autonomia.

Cabral & Adriana

Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo, presos em Bangu, fizeram chegar aos advogados que não há qualquer conteúdo ou intenção de falar de magistrados em eventuais delações.

Passeio 1

A despeito da crise, o brasileiro viajou mais ano passado — pelo menos através de agências de turismo. Foi o que constatou o estudo ‘Indicadores Econômicos do Agenciamento Turístico Nacional 2016’, do Instituto de Pesquisas, Estudos e Capacitação em Turismo, sob encomenda do Sindetur-SP.

Passeio 2

Ano passado as agências registraram volume total de vendas 8,3% maior que os dados de 2015, embora a confiança dos empresários do setor ainda esteja baixa.

Poeta do caos

Brasília incendiada e surge Paulo Maluf como poeta do caos. Acredite. Em seu Twitter, Maluf — o primeiro político brasileiro a ser incluído na lista de procurados da Interpol — se vangloriou de não estar na Lava Jato, na lista de Janot e no Mensalão.

e-webtv

Na entrevista à e-webtv, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) reforça a importância da aprovação da PEC do fim do foro privilegiado, parada na fila para o plenário, e da mudança no sistema de escolha de ministros para Cortes do Judiciário. Assista no canal “Coluna Esplanada” no YouTube.

Fronteirômetro

Dia 21 o Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários lançará o Fronteirômetro, plataforma online que apresenta projeções de cargas importadas e exportadas, veículos e pessoas que entram e saem do país e as limitações do controle de fronteiras.

Em rede

A Coluna passou a ser distribuída pela Dow Jones & Co para jornais dos EUA, Europa, Ásia e África. Nosso conteúdo de política, economia e mercado estará disponível no sistema da Dow para jornais interessados, através do portal Opinião e Notícia, do Rio.

1 Opinião

  1. Beraldo disse:

    Bolsonaro não tem competencia, em todos os sentidos, para ser comparado ao Regufe.

    Debate qualquer sobre assunto qualquer, entre os dois, é até covardia.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *