Início » Brasil » Relatório do FMI traça cenário pessimista para economia global
Panorama Mundial

Relatório do FMI traça cenário pessimista para economia global

Órgão cortou de 3,5% para 3,3% a projeção de crescimento da economia mundial para este ano. Brasil deve ter retração de 1,5%

Relatório do FMI traça cenário pessimista para economia global
Segundo o órgão, o Brasil só vai retomar o crescimento em 2016 (Foto: Pixabay)

O relatório Panorama da Economia Mundial (WEO, na sigla em inglês) divulgado nesta quinta-feira, 9, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) analisou as perspectivas da economia global nos próximos dois anos e alterou as projeções feitas em abril pelo órgão.

No documento, o órgão elevou de 1% para 1,5% a taxa de retração esperada para a economia brasileira este ano. Segundo o órgão, o Brasil só vai retomar o crescimento em 2016, quando é esperado um PIB entre 0,7% e 1%.

Em Washington, EUA, o economista chefe do FMI, Olivier Blanchard, disse que 2015 será um ano duro para o Brasil, mas afirmou que o país está no caminho certo e que o ajuste fiscal do governo começará a dar sinais positivos em 2016.

“Este é claramente o conjunto certo de políticas, mas no curto prazo você fica com a confluência de baixa confiança afetando gastos e as medidas com o objetivo de resgatar a confiança também reduzindo as despesas. Por isso, nós achamos que o Brasil passará por recessão as retomará o crescimento no ano seguinte”, disse o economista.

Segundo Blanchard, a recessão brasileira é fruto da baixa confiança dos investidores das famílias, que reduziram os gastos nos últimos meses. Ele afirmou ainda que o corte de gastos e a elevação de juros e impostos também contribuíram para travar a demanda, afetando o crescimento do país.

O Brasil não é o único país a ter uma previsão negativa. O relatório do FMI estima um cenário pessimista para toda a economia global nos próximos dois anos. O órgão cortou de 3,5% para 3,3% a projeção de crescimento da economia mundial para este ano. Para 2016, no entanto, a previsão foi mantida em 3,8%.

A redução nas projeções do FMI reflete o crescimento econômico dos EUA abaixo do esperado para o terceiro trimestre, além da queda no preço das commodities. O FMI reduziu de 3,1% para 2,5% a previsão de crescimento dos EUA. O órgão estima que em 2016, esse percentual ficará entre 3% e 3,1%.

Já a América Latina, afetada pela queda no preço das commodities, caminhará para o quinto ano consecutivo de baixo crescimento. O relatório estima que a região crescerá apenas 0,5% este ano e 1,7% em 2016.

Fontes:
O Globo-FMI: ano do Brasil será duro, mas país está no caminho certo
Estadão-FMI corta projeção de crescimento do Brasil e vê PIB encolher 1,5% este ano

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *