Início » Brasil » Remadores dos EUA passam mal após competição no Rio. Suspeita-se da água
Olimpíadas 2016

Remadores dos EUA passam mal após competição no Rio. Suspeita-se da água

Atletas relataram problemas estomacais e diarreia durante competição na Lagoa Rodrigo de Freitas. Suspeita-se que a contaminação da água tenha causado o mal-estar

Remadores americanos que participaram do Campeonato Mundial de Remo Junior, realizado entre os dias 2 e 8 deste mês, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, relataram problemas estomacais e diarreia durante a competição. O local será um dos palcos das Olimpíadas de 2016, na cidade.

Segundo a agência de notícias Associated Press (AP), os treze atletas e os quatro membros da comissão técnica que passaram mal têm entre 16 e 19 anos e relataram sintomas como vômitos e diarreia. Um deles chegou a desmaiar.

A fisiologista da equipe, Kathryn Ackerman, disse não descartar a hipótese de o mal-estar ter sido provocado por intoxicação alimentar, mas afirmou que a água da lagoa é a principal suspeita. “Meu sentimento pessoal é que a água causou esse problema”, disse Kathryn, ressaltando que os atletas tomaram todas as precauções em questão de alimentação e hidratação.

Nas redes sociais, a técnica da equipe, Susan Francia, relatou o mal-estar já durante o treinamento. “O Rio realmente me pegou. Bug no estômago. Estou caída”.

O Comitê Organizador da Rio 2016 afirmou que no primeiro dia da competição, foram atendidos 12 atletas, sendo seis americanos, três britânicos e três australianos. Porém, o comitê afirma que um médico do órgão constatou que o mal-estar foi causado pela viagem.

No final do mês passado, a AP encomendou uma análise da qualidade da água em locais que serão realizadas competições. Os resultados mostraram alta presença de adenovírus humano, que pode causar infecções respiratórias agudas, gastrointestinais, oculares, do trato urinário e ainda síndromes neurológicas graves. Também foi constatada alta presença de coliformes fecais.

Na última segunda-feira, 10, após uma reunião com a Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, comentou a análise. “Houve muita polêmica sobre a qualidade da água. Não por acaso fizemos dois eventos usando as águas da praia de Copacabana e da Baía de Guanabara. Os dois eventos foram um sucesso. Essas medições podem estar sendo feitas em locais onde há de fato problemas”.

Fontes:
Folha-Atletas americanos passam mal; fisiologista da equipe suspeita da água
Uol-Estudo: atletas correm sérios riscos de doença em águas contaminadas do Rio

1 Opinião

  1. Markut disse:

    Se, apesar de toda essa incompetência ,desídia e corrupção, a coisa der certo é porque , positivamente, Deus é brasileiro.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *