Início » Brasil » Rompimento de adutora mata um e deixa diversos feridos no Rio
Caos em Campo Grande

Rompimento de adutora mata um e deixa diversos feridos no Rio

Jato de água chegou a 20 metros de altura, atingiu 200 casas e derrubou outras 17. Governador Sérgio Cabral ofereceu apoio e foi hostilizado por moradores

Rompimento de adutora mata um e deixa diversos feridos no Rio
Bombeiros usam botes para resgatar vítimas que estavam ilhadas (Reprodução/Terra)

Uma criança morreu e pelo menos 16 pessoas ficaram feridas após uma adutora da Cedae se romper na manhã desta terça-feira, 30, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro. O rompimento ocorreu na  Estrada do Mendanha, na altura do número 4.500. O jato de água chegou a 20 metros de altura.

A inundação atingiu 200 casas e derrubou outras 17, deixando diversas pessoas desabrigadas. “Estava dormindo e acordei ao escutar um barulho muito forte no telhado. Em seguida, as paredes começaram a se destruir. A gente estava no segundo andar e a força da água arrastou a gente para o outro lado da rua”, disse o mecânico Agilson da Silva Serpa.

Ambulâncias e o Corpo de Bombeiros estão no local para socorrer os feridos e avaliar os danos causados pela água. O governador Sérgio Cabral também esteve no local acompanhado do prefeito Eduardo Paes. Cabral ofereceu total apoio, mas foi hostilizado pela população.

“Estamos aqui em manifestação de solidariedade às famílias tomadas por este momento de pânico e terror. Qualquer coisa perdida será paga, mas nenhuma perda material se compara à vida de uma criança”, disse o governador antes de ser interrompido por moradores que pediam melhorias na Estrada do Mendanha.

Fontes:
G1-Inundação por rompimento de adutora mata criança e fere 13 no Rio
O Globo-Adutora se rompe, destrói casas e mata uma criança em Campo Grande

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. yama disse:

    O governo do Estado deveria oferecer, ao menos, alguns andares do prédio da suntuosa “NOVA CEDAE”, para os humildes moradores de Campo Grande que tiveram a vida de uma criança ceifada e seus pertences e propriedades arrasadas pela incompetência e descaso dos engenheiros (responsáveis) pela manutenção, técnicos e funcionários burocratas que estão aboletados em suas poltronas com os fluxos de verbas e recursos sem proteger a população que paga religiosamente o dinheiro sujo de lama pelo mar de lama produzido pela empresa.

  2. Miguel Meira disse:

    Eu sei que ele tinha mas não imaginava que fossem tantos os seus pecados.

  3. Robson Mothé disse:

    A CEDAE presta um péssimo serviço, aos municípios onde há a sua concessão, falta de água constante e de investimento no sistema, redes sucateadas e em muitos bairros não há nem rede. A CEDAE é do estado, e em alguns municípios fluminenses houve à transferência para a iniciativa privada e com sucesso, cito: Niterói, Cabo Frio, Araruama, Saquarema, e toda a região dos lagos e por que não se transfere também em outros municípios e com certeza quem ganhará com isso será a população. Pois no meu enteder o estado deveria priorizar: educação, saúde e segurança deixando o restante com a iniciativa privada, onde o consumidor terá mais facilidade de defender os seus direitos. MOVIMENTO FORA CEDAE.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *