Início » Brasil » Rompimento de barragens deve afetar ecossistema por anos
CATÁSTROFE EM MG

Rompimento de barragens deve afetar ecossistema por anos

Sedimento que atingiu cursos de água pode reduzir os níveis de oxigênio na água

Rompimento de barragens deve afetar ecossistema por anos
Rio Doce repleto de lama (Fonte: Reprodução/Leonardo Merçon/Instituto Últimos Refúgios/Divulgação)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Além das mortes e do rastro de destruição nos distritos atingidos, o rompimento das barragens de Santarém e Fundão, em Mariana (MG), deixou 250 mil pessoas sem fornecimento de água potável e saturou cursos de água com um sedimento laranja que deve afetar por anos o ecossistema.

A catástrofe, que aconteceu no último dia 5 de novembro, deixou nove mortos, 19 desaparecidos e 500 desabrigados.

A presidente Dilma Rousseff comparou o “mar de lama” em Mariana com o derramamento de petróleo da BP em 2010, no Golfo do México. Já a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse que o rompimento das barragens da empresa Samarco é uma “catástrofe ambiental”.

De acordo com biólogos e especialistas ambientais, o sedimento que atingiu cursos de água contém químicos usados pela Samarco para diminuir as impurezas do minério de ferro, o que pode reduzir os níveis de oxigênio na água e diminuir a fertilidade das margens de rios e da terra por onde a enxurrada de lama passou.

A mineradora Samarco afirma, por sua vez, que a lama não é tóxica. Mas as famílias resgatadas foram alertadas por autoridades para descartar as roupas que tiveram contato com a lama.

Em entrevista ao Portal Exame, Klemens Laschesfki, professor de geociências da Universidade Federal de Minas Gerais, afirmou que “muitas regiões jamais serão as mesmas”.

A água do rio Doce está sendo testada por pesquisadores. Os resultados devem ser publicados nas próximas semanas.

Fontes:
Portal Exame - Catástrofe em Mariana deverá afetar ecossistema por anos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rogerio Faria disse:

    Essa Samarco e outras mineradoras não eram incomodadas até essa tragédia ambiental. Por que este tipo de empresa que degrada o meio ambiente E funciona com pouquíssimas restrições? Por quê os Prefeitos destas Cidades com as suas Câmaras de Vereadores ficam de “bico fechado”? Por quê os Órgãos de fiscalização não fiscalizam nada? Será que vale a pena trocar a proteção ambiental, a segurança e a saúde das populações em troca de alguns empregos, construção de hospitaizinhos, asfaltamento de ruas e outras esmolas corporativas?
    Só há uma explicação para este descaso: CORRUPÇÃO…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *