Início » Brasil » Que rufem os tambores!
GRITA BRASIL

Que rufem os tambores!

Por mais que eu tente olhar com outros olhos para a lista de candidatos, não consigo ver, deslumbrar algo ‘felomenal’

Que rufem os tambores!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas

O dia do juízo final está próximo. Passaremos pela primeira fase e, no dia 28 de outubro, será decretada a nossa sentença. Que pela qualidade dos candidatos não nos traz muitas chances de nos libertarmos dessa má fase que estamos vivendo.

Por mais que eu tente olhar com outros olhos para a lista de candidatos, não consigo ver, deslumbrar algo “felomenal”, como diria Giovanni Improtta, personagem vivido por José Wilker.

Se me perguntarem o que vejo, não saberia responder. Trevas? Seria muito radical. Esperança? Estaria sendo leviano. Resumindo e sendo objetivo, não sei que palavra, que adjetivo caberia nessa pergunta. Estou no time do esperar para ver. Mas sem esquecer de rezar bem forte.

Queria poder ser mais otimista, estar mais esperançoso, mas a coisa é mais forte que eu. Simplesmente não vejo um caminho de linha reta. Não vejo o horizonte.

Meu desespero ficou mais tênue quando o PT finalmente descartou a possibilidade absurda de Lula candidato. Assumiram o Haddad, mas tudo a pedido de Lula, que continua mandando no partido. Mas quero deixar registrado, o Haddad não me traz paz, apenas sinto que ele não tem a mesma força, influência e poder de Lula. Menos mal.

O pior dessa história toda é que, querendo ou não, uma dessas coisas que se propuseram a comandar o país será o presidente. Não tenho como fugir disso. Não tenho como mudar isso.

Não consegui ainda chegar a uma conclusão do que seria menos pior para o Brasil. E o fato do voto ser obrigatório nesse país tupiniquim, mas de urnas eletrônicas, é que essa obrigatoriedade na pior hipótese me obriga a votar no A para o B não entrar. Eu não gosto disso. E penso sempre na outra hipótese, que causa inúmeras discussões e discursos moralistas. Eu penso que se eu anulo meu voto, eu estou dizendo que nenhum dos “cavalheiros” me representa. Ponto. Mas o outro lado alega que independentemente de qualquer coisa alguém vai entrar, e que é melhor entrar o menos pior. Mas quem é o menos pior? Por que ele é o menos pior? Aos olhos de quem ele é o menos pior? Menos pior pra quem?

Mais justo seria se as pessoas acabassem com esse falso moralismo, que pensando assim eu estou ajudando àquele candidato que muitos não querem a se eleger. Mas não irei me sentir culpado. Aliás, nunca me senti quando anulei meu voto para prefeito, por exemplo.

Na verdade, o voto é meu, a vontade é minha, e eu tenho o direito de fazer o que quiser com ele (meu voto) e com ela (minha vontade).

Eu pergunto: se o voto fosse facultativo, você iria votar somente para evitar que A entrasse no lugar do B?

Seja sincero pelo menos nessa resposta. E nem precisa postá-la no Facebook, Twitter ou Instagram. Fique com ela. Amadureça ela. Se questione. Seja verdadeiro com você.

Pois mentir para você, e nas urnas também, fazem de você o quê?

Reflita. Pense. E agora pode até me xingar, mas com um certo carinho.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Buckminster disse:

    Diante a ameaça real a qual os comunistas estão expostos eles começam a aparecer, estão correndo semelhante a baratas em meio a entulho remexido! Permaneceram 30 anos fazendo a população de escreva! Pior que o regime de Pyongyang porque lá o comunismo é declarado e no Brasil é disfarçado com o nome de democracia; ratos imundos, que Deus permita que Jair Bolsonaro possa, através de uma nova constituição, condenar vocês a pena de morte juntamente com traficantes e latrocidas que são seus pares.

  2. carlos alberto martins disse:

    o que o Claudio declarou,foi apenas uma opinião própria em que demonstra a incerteza de credo no que dizem os candidatos.o mesmo tem o meu total apoio,pois ainda não foi demonstrado por nenhum deles o que nós esperamos isto é:força de líder.qualquer que for eleito estará sujeito a um congresso e um senado cuja maioria se compõe de estelionatários e corruptos.terá que criar novos cargos e ministérios para poder aprovar leis que de fato venham a beneficiar o povo.seremos vendidos como se fosse produto em feira-livre.aos canastrões de plantão entrego as hienas para se refestelarem das podridões que nos darão como premio por termos confiados a eles nossos votos.

  3. jadio disse:

    concordo Sérgi Augusto

  4. Sérgio Augusto disse:

    Mais um simpatizante do comunismo! Só bobagens e indicação para que seus seguidores não votem! É o que os comunistas querem! Ora, vá ter uma opinião segura se queres ser ouvido! Medo, não é? Adeus!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *