Início » Brasil » Saneamento para todos traria benefícios de R$ 537,4 bilhões ao país
EM 20 ANOS

Saneamento para todos traria benefícios de R$ 537,4 bilhões ao país

Ganhos com a expansão dos serviços de água e esgoto superam os custos para investir no setor

Saneamento para todos traria benefícios de R$ 537,4 bilhões ao país
Apenas 50,3% dos brasileiros têm acesso à coleta de esgoto (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um estudo do Instituto Trata Brasil obtido pelo portal G1 revelou que a universalização do saneamento básico traria benefícios econômicos e sociais de R$ 537,4 bilhões ao Brasil em 20 anos.

Isso significa que os ganhos com a expansão superam os custos para investir no setor. Entre as áreas mais beneficiadas estão saúde, educação, turismo, emprego e imobiliário.

Dados de 2015 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento mostram que apenas 50,3% dos brasileiros têm acesso à coleta de esgoto — ou seja, mais de 100 milhões de brasileiros ainda usam medidas alternativas para lidar com os dejetos — e ainda que 34 milhões de brasileiros não têm acesso à água potável.

O estudo do Instituto Trata Brasil destaca que a quantia necessária para alcançar a universalização dos serviços de água e esgoto no país em 20 anos seria de R$ 316,8 bilhões. Isso significa também um aumento das despesas das famílias, de R$ 235,3 bilhões. Os custos totais, portanto, seriam de R$ 552,1 bilhões.

Já os valores em decorrência dos benefícios gerados pelo saneamento para todos chegariam a quase R$ 1,1 trilhão. O balanço positivo seria, desta forma, de R$ 537,4 bilhões para o país.

De acordo com Édison Carlos, presidente do Instituto Trata Brasil, os ganhos são amplos por se tratar de um investimento transversal, isto é, que envolve diversas áreas da sociedade. Deve-se incluir nesta conta os efeitos indiretos do saneamento, como a redução do número de trabalhadores afastados por motivos de saúde e a queda das despesas com internações por infecções gastrointestinais.

O estudo estabelece o prazo de 20 anos (de 2015 a 2035) com base no Plano Nacional de Saneamento Básico lançado em 2014 pelo governo federal.

Fontes:
G1 - Universalização do saneamento traria R$ 537 bi ao país em 20 anos, diz estudo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. laercio disse:

    É fácil saber que quando se investe em algo o retorno futuro é maior!

    Uma empresa quando iniciada deve receber recursos, digamos que receba cem mil, se gerida com competência recuperará o valor investido e dará lucro.

    Uma criança quando vai para escola também é assim, você investe alguns anos no material escolar mas quando adulto haverá um “superávit” originado da diferença de produtividade a favor daquele que recebeu o investimento.

    É fácil entender mas na verdade não existe interesse em mudar nada! Porque há muito interesse em ganhar dinheiro com a bagunça que aí está.

  2. Markut disse:

    Culturalmente, como colonizados ,não vai se conseguir com facilidade , despertar o interesse por essa obviedade , na cabeça da ainda poderosa, retrógada e influente oligarquia brasileira e sul americana. para quem convem a ignorância e “a bagunça que aí está”. ideal para o cultivo do populismo predador.
    A Venezuela está aí para mostrar aonde se poderá chegar.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *