Início » Brasil » Santas casas e hospitais filantrópicos do país têm dívidas de R$ 17 bilhões
Saúde no Brasil

Santas casas e hospitais filantrópicos do país têm dívidas de R$ 17 bilhões

A soma equivale a seis vezes a dívida de R$ 1,8 bilhão que as instituições acumulavam em 2005

Santas casas e hospitais filantrópicos do país têm dívidas de R$ 17 bilhões
O Ministério da Saúde afirmou ter aumentado os repasses para a tabela de remunerações por procedimentos e criado linhas de crédito para as instituições (Reprodução/Wikipédia)

As santas casas e os hospitais filantrópicos do país acumulam uma dívida de R$ 17 bilhões de reais com funcionários, fornecedores, bancos e órgãos públicos. A soma equivale a seis vezes a dívida de R$ 1,8 bilhão que as instituições acumulavam em 2005.

Em dezembro do ano passado, a Santa Casa de São Paulo, maior hospital filantrópico da América Latina, suspendeu por tempo indeterminado consultas e cirurgias. Em Santa Catarina, o Hospital São José de Criciúma, um dos maiores do estado, anunciou que só passou a atender emergências após o dia 22 de dezembro de 2014. Já em Belo Horizonte, a Santa Casa de Lagoa Santa está fechada desde abril do ano passado.

Já a Santa Casa do Rio de Janeiro sofreu intervenção no ano passado, após funcionários revelarem que não recebiam o salário há cinco meses. O hospital foi interditado pela Vigilância Sanitária em outubro de 2013, devido a denúncias de abandono e falta de equipamentos, e só foi reaberto em junho, após uma parceria com a Universidade Estácio de Sá.

Segundo dados da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB) cerca de 1.700 dos 2.100 hospitais associados operam no vermelho. Edson Rogatti, presidente da entidade afrima que o SUS paga valores defasados pelos procedimentos realizados gratuitamente. De acordo com Rogatti, o déficit causado pelo SUS é de R$ 5,1 bilhões por ano. Apesar disso, o Ministério da Saúde afirmou ter aumentado os repasses de remunerações por procedimentos e criado linhas de crédito para as instituições ( a chamada “tabela SUS”), e que aumentou o investimento extra.

As Santas Casas e hospitais filantrópicos respondem por 40% do atendimento no SUS. Com 2,1 mil unidades filantrópicas espalhadas em todos os estados, as instituições têm metade dos leitos públicos disponíveis à população, cerca de 155 mil.

Fontes:
O Globo-Santas Casas e hospitais filantrópicos do país têm dívidas de pelo menos R$17 bilhões

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *