Início » Brasil » Saúde, educação e programas sociais vão sofrer cortes
Ajuste fiscal

Saúde, educação e programas sociais vão sofrer cortes

A equipe econômica, no entanto, não caracteriza essas medidas como cortes, mas como revisões ou melhorias dos gastos públicos

Saúde, educação e programas sociais vão sofrer cortes
Segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo, será tocado em um ritmo mais lento do que o atual (Foto: Agência Brasil/Wilson Dia)

O orçamento deficitário que o governo apresentou prevê cortes proporcionais em áreas-chave da gestão Dilma, como saúde, educação e desenvolvimento social. Mas os cortes também vão atingir programas sociais, como o Minha Casa Minha Vida, o Ciência Sem Fronteiras e o Fies. A equipe econômica, no entanto, não caracteriza essas medidas como cortes, mas como revisões ou melhorias dos gastos públicos.

Segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo, será tocado em um ritmo mais lento do que o atual. A prioridade será concluir as 1,5 milhão de unidades que estão sendo construídas nesta segunda fase do programa. Mesmo assim, o governo pretende lançar a terceira fase do projeto ainda neste ano.

O vice-presidente Michel Temer elogiou a transparência do governo ao abandonar a “maquiagem fiscal” de anos anteriores e admitir o saldo negativo. Já a oposição reagiu: “O buraco nas contas públicas estimado para o próximo ano demonstra, de forma taxativa, o desgoverno da gestão Dilma Rousseff marcada pela incompetência e pelo total descrédito de suas ações”, disse o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), líder da minoria na Câmara.

O orçamento também prevê uma clara diminuição proporcional das despesas de oito ministérios. As reduções mais relevantes vão acontecer nas pastas da Saúde (que em 2015 representa 37% dos gastos e em 2016 será 35%), na Educação (de 14,4% para 13,3%) e no Desenvolvimento Social (de 13,5% para 12,9%).

 

 

Fontes:
El País-Rombo nas contas provoca cortes em saúde, educação e programas sociais

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *