Início » Brasil » Seca extrema avança no Nordeste do país
ESTIAGEM

Seca extrema avança no Nordeste do país

Ceará é um dos estados que registraram maior avanço da estiagem

Seca extrema avança no Nordeste do país
Cenário 'já era esperado', segundo meteorologista (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O mapa do mês de setembro do Monitor de Secas do Nordeste do Brasil revela um cenário mais complicado para a região: a seca extrema e a seca excepcional cresceram e agora atingem partes de todos os nove estados do Nordeste.

Leia mais: Seca deixa mais de 1 mil cidades em situação de emergência

O Ceará é um dos estados que registraram maior avanço da estiagem, com 75% do seu território apresentando seca extrema ou seca excepcional, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Raul Fritz, meteorologista da Funceme, diz que o cenário “já era esperado. Porque de agosto para setembro as médias das chuvas mensais são muito baixas. Quase insignificante. A gente tem, no máximo, um chuvisco ao longo litoral, esporadicamente. Sem chuva, as condições de seca tendem a se agravar. As condições já vinham secas, daí pioraram ainda mais”.

Em 2016, o Ceará enfrenta o quinto ano consecutivo de seca. Ainda não há informações sobre a estação chuvosa de 2017, pois, de acordo com a Funceme, as condições dos oceanos Atlântico e Pacífico, que influenciam as chuvas no estado, não estão definidas.

Fontes:
EBC - Seca avança e assume contornos severos no Nordeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *