Início » Brasil » Segundo turno: desafio em dobro
Eleições 2014

Segundo turno: desafio em dobro

Dilma Rousseff e Aécio Neves têm muitos desafios pela frente e o apoio de Marina pode ser fundamental

Segundo turno: desafio em dobro
O resultado da votação do último domingo, 5, foi uma surpresa (Reprodução/Internet)

O segundo turno das eleições será disputado entre a petista Dilma Rousseff e o tucano Aécio Neves no próximo dia 26 deste mês. O resultado do primeiro turno foi uma surpresa, pois há dois dias Aécio aparecia em terceiro lugar nas pesquisas, atrás da candidata do PSB, Marina Silva.

Leia mais: Dilma e Aécio estão no segundo turno

Mas o lugar garantido no segundo turno não livrou Aécio dos desafios do pleito. Embora tenha vencido em São Paulo, o maior colégio eleitoral do país, Aécio perdeu em Minas Gerais, principal vitrine de sua campanha. Além disso, se Aécio quiser vencer a disputa terá de conquistar os eleitores da chamada nova classe média brasileira, concentrados, principalmente, nas regiões norte e nordeste do Brasil.

Embora permaneça como candidata favorita a vencer o pleito, Dilma Rousseff também tem desafios pela frente. Nó último domingo, 5, ela se tornou a candidata à reeleição que somou menos votos desde as eleições de 1989, as primeiras após o regime militar. Na região centro oeste e em alguns estados do sul e do sudeste, o páreo com Aécio foi disputado.

Nesse cenário, Marina Silva poderia, mais uma vez, mudar o curso das eleições. Seu apoio seria fundamental para a campanha de Aécio. Marina tem a credibilidade entre os mais pobres que falta ao PSDB, considerado o partido favorito das camadas mais ricas.

Nesta segunda-feira, 6, Marina deu sinais de que pretende apoiar a campanha de Aécio. Porém, ainda não está claro se o eleitor da ex-senadora vai seguir seus passos e transferir seu voto para o candidato tucano.

Veja abaixo um mapa feito pelo jornal Valor e publicado na revista Economist, mostrando como ficou a divisão de votos por região:

Fontes:
The Economist-The wave has passed

3 Opiniões

  1. Sandra disse:

    O PSDB derrotou o PT em São Bernardo do Campo, cidade onde o partido nasceu e onde mora o seu fundador, Luiz Inácio Lula da Silva, mais conhecido como Lula. Em Pernambuco, estado natal do ex-presidente, o PT não elegeu nenhum deputado federal, não elegeu o senador e elegeu apenas três deputados estaduais. Uma catástrofe política. Aécio venceu Dilma em 88% das cidades paulistas e Alckmin perdeu para o PT em apenas um município entre os 645 do estado. As pesquisas, que davam até a possibilidade de Dilma vencer no primeiro turno, mostraram a candidata petista se arrastando no limite de 40%. Nunca o PT foi tão rejeitado. Tendo toda a máquina na mão, foi o partido que mais perdeu deputados, o que significa 18,6% a menos no fundo partidário, no tempo de TV e muito menos poder para negociar posições na Câmara dos Deputados. Há um antipetismo crescente tomando conta do Brasil. Com o mesmo tempo de TV, neste segundo turno, Aécio vai falar com os pobres em igualdade de condições, retirando as algemas do medo, colocado nos mais pobres pelos mentirosos que usam o Bolsa Família como instrumento de tortura contra dezenas de milhões de brasileiros. Ninguém aguenta mais as mentiras do PT. Ninguém aguenta mais a corrupção do PT. Ninguém aguenta mais os mensalões do PT. Ninguém aguenta mais a inflação do PT. Ninguém aguenta mais a recessão do PT. Durante todo o primeiro turno, eles esconderam a bandeira e o símbolo do partido. Agora ele será escancarado e o dedo será posto na ferida. É hora de cravar a estaca no coração destes vampiros que sugam os cofres públicos. Fora, PT!

  2. Evandro Correia disse:

    Beraldo, o site publicou o resultado nos estados importantes, dos quais Minas não faz parte.

  3. Beraldo Dabés Filho disse:

    01) Sinalização não é fato consumado de que Marina vá apoiar o Aécio Pinóquio.
    02) Não tem sentido, pois, dizer que “não está claro se os eleitores de Marina seguirão seus passos”.
    03) Inexplicável o cor de rosa nos mapas de M.Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande Sul. Seria um Aécio amarelando?
    04) Na página de abertura do O&N há destaque para a vitória de Alkmim em SP mas nada sobre Pimentel em MG..
    04) Basta o exposto em 01,02 e 03 para constatar que o O&N, como de resto toda a mídia reacionária radical de direita, força a barra, subliminarmente, a favor do Aécio Pinóquio.
    Melhor a oposição colocar os pés no chão, mesmo porque o Eterno Presidente Lula, ainda não gastou metade do seu arsenal político na campanha da Dilma. Ciente da improvável vitória no primeiro turno, certamente entrará de sola no segundo turno. Aguardem…
    __________________________________________
    NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *