Início » Brasil » Semana de confrontos entre Brasil e Venezuela
Diplomacia

Semana de confrontos entre Brasil e Venezuela

Faltou a Dilma uma atitude mais firme para encarar esse triste episódio que colocou em risco os adversários da presidente

Semana de confrontos entre Brasil e Venezuela
Comissão liderada pelo senador Aécio Neves esbarrou na violenta defesa venezuelana (Reprodução/EBC)

Esta semana, quando se fala em confronto com a Venezuela fica a dúvida se estamos tratando de futebol ou da grande vergonha promovida pelo governo do país vizinho – com a anuência do nosso – contra senadores brasileiros que pretendiam visitar oposicionistas em Caracas.

O volante Fernandinho afirma que o equilíbrio na Copa América, refletido no jogo do próximo domingo, quando Brasil e Venezuela chegam empatados com três pontos ganhos no grupo C, é o resultado do desenvolvimento do futebol venezuelano. Por outro lado, ele não acredita que o Brasil tenha piorado nas últimas décadas. Tolinho!

Já no aspecto político, a Venezuela ocupa a segunda divisão há muito tempo. Nossa linha de ataque, formada por senadores como Aécio Neves, Ronaldo Caiado e Aluysio Nunes Ferreira (não escalamos todos os que atuaram) esbarrou na violenta defesa venezuelana assim que tentou entrar na área e visitar integrantes da oposição.

À espera de nossos senadores, havia uma forte retaguarda formada por dezenas de integrantes do grupo a favor do presidente Maduro – aquele que leva o país bolivariano pro buraco.

Assim como surpreende a apatia de Dunga diante da falta de ímpeto de seus comandados, faltou a Dilma uma atitude mais firme para encarar esse triste episódio que colocou em risco os adversários da presidente, que ela sempre confunde com inimigos. Caracas!

Não importa se no grupo de senadores está um representante dos latifundiários, como Ronaldo Caiado, nem que haja entre eles um governador cassado, que teve rejeitada sua prestação de contas referente às eleições de 2006 – e ainda alvo de inquérito que apura crimes da Lei de Licitações – como Cássio Cunha Lima. Ocorre que estes representantes legitimamente eleitos não podem passar pela situação constrangedora que viveram.

Dilma poderia até dar boas gargalhadas debaixo do lençol quando soube do ocorrido. Mas agora, precisa se comportar como estadista e partir pro ataque contra a Venezuela. Assim como a seleção do Dunga.

8 Opiniões

  1. José Marques disse:

    O Brasil não tem uma Presidente a altura de nosso Paíz e se abaixa para um Paíz não democrático.

  2. carlos alberto martins disse:

    seria muito bom se os nossos politicos se preocupassem primeiro em resolver os nossos problemas,que são muitos devido a ditadura democrática que estamos sofrendo.eles não servem de exemplo a ninguem.por favor parem da gastar nosso imposto em viagens que não servem para nada.

  3. Vitafer disse:

    Concordo com o Ney.

  4. olbe disse:

    Absolutamente sem propósito este comentário jocoso com um assunto tão sério como é manter preso, sem contato com a família,e fazendo greve de fome, cidadãos honestos, pelo simples fato de serem oposição. O Presidente Maduro, todos sabem que é um ignorante e se sente tão fraco que precisa prender quem a ele se coloca em oposição e tão burro que “mandou seus capangas fazerem as ameaças aos legítimos representantes do governo brasileiro. Se a Dilma está rindo entre os lençóis é porque tb é burra pois ficou pior pra ela que TEM QUE CHAMAR A ATENÇÃO, (mesmo que de mentirinha) do governo amigo de Maduro…Todos cidadãos de países livres deviam estar estarrecidos com a atitude de prender inocentes e de escorraçar representantes de um país amigo..mas fazem gracinha comparando ao futebol…O povo da Venezuela está sofrendo mas reprimido pois se trata de um ditador no poder..o mundo assiste , principalmente os companheiros do ˜Mercosul e não fazem nada..só depois que alguém morrer..precisam sempre de um cadáver para tomar a atitude certa. Tenho vergonha..

  5. Joma Bastos disse:

    Duas situações difíceis de alcançar, a Dilma partir para o ataque e a seleção do Dunga vencer a Copa América, mas a segunda parece-me mais viável.

  6. RENE ROSSI disse:

    ESTOU COMO MILHARES DE BRASILEIROS O GESTO GRANDIOSO DESTES PARLAMENTARES SEM DÚVIDA QUE TAL OS MESMO OLHAREM PARA O PRÓPIO UMBIGO COMO NÃO DESVIAR DINHEIRO PUBLICO E USO DO HERÁRIO A QUALQUER PRAZER LEMBRANDO EXISTEM VOOS REGULARES PARA A VENEZUELA MAS QUERO TAMBEM IR ALÉM POR QUE NÃO USAR DA MESMA GRANDEZA PARA OS NOSSOS PRESOS???? E FINALIZANDO SEM CONTAR OS QUE VOTARAM NA PRESIDENTE QUANTOS VOTARAM NULO???? DE UMA COISA EU SEI
    POLITICOS BRASILEIROS FAÇAM A LIÇÃO DE CASA COMO ACABANDO COM SUAS MORDOMIAS E ALTOS SALÁRIOS E SEM CONTAR COM A CORRUPÇÃO FAÇAM REFORMA POLITICA A ALTURA DE NOSSO POVO
    RESPEITEM NOSSA INTELIGENCIA NÃO DÁ MAIS PARA ATURAR VCS SEJA DE SITUAÇÃO OU OPOSIÇÃO

  7. ney disse:

    Esse governo nunca vai partir pro ataque contra a Venezuela, Bolívia e china.

    Esses Senadores devem estarem feliz por voltarem vivos.

  8. Flavio Santoro disse:

    Boa associação. Queria poder dizer que é só um problema de meio de campo embolado e mandar todo mundo pro chuveiro.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *