Início » Brasil » Senado aprova e reforma trabalhista vai para sanção de Temer
COM 'OCUPAÇÃO'

Senado aprova e reforma trabalhista vai para sanção de Temer

A reforma trabalhista aprovada nesta terça altera em mais de 100 pontos a CLT

Senado aprova e reforma trabalhista vai para sanção de Temer
Presidente do Senado chegou a determinar que se apagasse as luzes do plenário nesta terça (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O Senado aprovou na noite desta terça-feira, 11, o projeto de reforma trabalhista enviado ao Congresso Nacional pelo presidente Michel Temer. O texto agora volta para o Palácio do Planalto, para sanção presidencial.

Leia também: Votação da reforma trabalhista é suspensa após protesto
Leia também: O que muda com a reforma trabalhista?
Leia também: Reforma: se fosse simples eu chamaria um arquiteto!
Leia também: Governo eleva pressão para aprovar reformas

A reforma aprovada nesta terça altera em mais de 100 pontos a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O ponto central da reforma é a prevalência dos acordos entre patrões e empregados sobre o que está determinado em lei.

Outros pontos, polêmicos, da reforma são a possibilidade de dividir as férias dos trabalhadores em três períodos e a abertura da possibilidade de acordos para jornadas de trabalho intermitentes.

O dia da aprovação da reforma trabalhista no Senado foi marcado pela ação de senadoras da oposição que durante várias horas impediram a realização da sessão de votação ao ocuparem as cadeiras da mesa diretora da casa. O presidente do Senado, Eunício Oliveira, chegou a determinar que se apagasse as luzes do plenário. Eunício só conseguiu ocupar a cadeira de presidente e dar início à votação por volta das 18:30h.

Fontes:
Portal Exame - Senado aprova texto-base da reforma trabalhista

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *