Início » Brasil » Senado torna assassinato de policiais em crime hediondo
agentes de segurança

Senado torna assassinato de policiais em crime hediondo

Medida endurece a sentença de quem assassinar agentes de segurança pública e inclui parentes de até terceiro grau dos mesmos

Senado torna assassinato de policiais em crime hediondo
Com a aprovação da proposta a sentença para o crime será de seis a 30 anos de prisão (Foto: Agência Senado)

O Senado aprovou na tarde da última quinta-feira, 11, o projeto que torna crime hediondo o assassinato de agentes de segurança pública. A votação foi feita em caráter simbólico, com a presença de apenas quatro senadores no plenário. Agora, a proposta seguirá para a sanção da presidente Dilma Rousseff.

A proposta vale para crimes contra policiais civis, militares, rodoviários e federais, membros das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e do sistema penitenciário, além de parentes de até 3º grau desses agentes.

De autoria dos deputados Leonardo Picciani (PMDB-RJ) e Carlos Sampaio (PSDB-SP), a proposta é de 2007 e tem amplo apoio da bancada formada por policiais. Ela aumenta em um ou dois terços a sentença dada aos que praticarem este tipo crime.

Atualmente, a pena para quem assassinar policiais varia de seis a 20 anos de prisão. A aprovação da proposta aumentará a sentença será de 12 a 30 anos de prisão.

Fontes:
Estadão-Senado aprova projeto que torna hediondo o assassinato de policiais

2 Opiniões

  1. Luciano Conceição da Paz disse:

    Meu nobre amigo Alberto,o que entende da vida de um policial? Não é vocẽ,nem seus familiares que têm que encarar um cidadão em conflito com a lei,sofrendo ameaças por eles,depois de estarem presos.Não é você que chega em uma padaria,supermercado ou casa lotérica.E é observado por todos como uma pessoa que representa o Estado.E que têm condições de frustrar um crime,que possa ocorrer naquele estabelecimento.Este ser humano Policial,pai de família que você chama de indivíduo,põe sua vida em risco para defender você,e seus familiares.

  2. Alberto disse:

    Só podia mesmo ser de uma bancada de policiais. A pergunta é: E quando estes indivíduos matarem um cidadão de bem vão também responder por crime hediondo?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *