Início » Brasil » Sérgio Moro manda soltar Cândido Vaccarezza
FIANÇA DE 1,5 MILHÃO

Sérgio Moro manda soltar Cândido Vaccarezza

Juiz determinou que ex-deputado terá que pagar fiança de mais de R$ 1,5 milhão

Sérgio Moro manda soltar Cândido Vaccarezza
Vaccarezza foi preso temporariamente na última sexta (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O juiz federal Sérgio Moro autorizou nesta terça-feira, 22, a soltura do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, que foi preso temporariamente na última sexta-feira, 18, durante a deflagração da 44ª fase da Operação Lava Jato, batizada como Abate.

Moro determinou que Vaccarezza terá que pagar fiança de R$ 1.522.700,00. O valor deverá ser pago até dez dias após sua saída da cadeia. O ex-deputado assinou um termo de compromisso, garantindo o depósito da fiança no prazo determinado.

Vaccarezza deixou a cadeia na noite desta terça. Em seu despacho, Moro também determinou a retenção do passaporte do ex-deputado, que está impedido de deixar o país sem autorização judicial. Vaccarezza também não pode ter contato com outros investigados no âmbito da Operação Abate, nem mudar de endereço sem avisar a Justiça ou exercer cargo ou função pública.

Investigadores da Lava Jato acusam o ex-deputado de ter recebido quase US$ 500 mil de propina para influenciar a contratação de uma empresa estrangeira pela Petrobras.

A defesa de Vaccarezza argumentou que ele tinha agendado um exame de saúde após a constatação de uma alteração em uma glândula.

“No contexto do agendamento do referido exame, este Juízo reputa, por ora, mais adequado impor medidas cautelares alternativas ao invés da prisão preventiva”, escreveu Moro.

Fontes:
G1 - Moro decide soltar o ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, mas exige fiança de R$ 1,5 milhão

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *