Início » Brasil » Serra torna a conceder passaporte diplomático a pastor evangélico
POLÊMICA NO ITAMARATY

Serra torna a conceder passaporte diplomático a pastor evangélico

Ministro José Serra concedeu passaportes diplomáticos ao pastor Romildo Soares e sua mulher, Maria Magdalena Soares. Documentos têm validade de três anos

Serra torna a conceder passaporte diplomático a pastor evangélico
Concessão ocorre um mês após Serra se comprometer a traçar normas mais rígidas para a concessão do documento (Foto: EBC)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), tornou a conceder passaportes diplomáticos a líderes religiosos. Os contemplados foram os pastores Romildo Ribeiro Soares, conhecido como R.R. Soares, e sua mulher, Maria Magdalena B. R. Soares, da  Igreja Internacional da Graça de Deus.

Ambos obtiveram passaportes diplomáticos com validade de três anos. A concessão foi feita através do parágrafo 3º, do Artigo 6º, do decreto nº 5.978, que rege a lei de concessão de passaportes diplomáticos. O parágrafo autoriza a emissão do documento em caráter extraordinário se a viagem em questão for “de interesse do país”.

Leia mais: A farra dos passaportes diplomáticos no Brasil

A concessão ocorre pouco mais de um mês após Serra se comprometer a traçar normas mais rígidas para a concessão do documento. A promessa do ministro foi feita em resposta à onda de críticas geradas após ele ter concedido, em 18 de maio, passaportes diplomáticos ao pastor Samuel Cássio Ferreira, da Assembleia de Deus, e sua mulher, Keila Campos Costa.

A concessão dos documentos a Samuel e Keila ocorreu menos de uma semana após Serra assumir o comando do Itamaraty. Samuel é investigado na Operação Lava Jato por suspeita de lavar dinheiro para Eduardo Cunha (PMDB).

Este mês, um levantamento feito pelo Opinião e Notícia constatou que de 2011 a 14 de junho deste ano, o Itamaraty já concedeu 814 passaportes diplomáticos em caráter extraordinário com base no parágrafo 3º, do Artigo 6º. Em quase todos os casos, não foi revelada a missão que seria de interesse do país.

Segundo o levantamento do O&N, o pastor RR soares e sua mulher são os líderes religiosos que mais tiveram passaportes diplomáticos concedidos pelo Itamaraty. O casal obteve os documentos em três ocasiões: no dia 14/12/2011; no dia 14/01/2013; e outro no dia 07/02/2014, estes com validade de três anos. O motivo da concessão extraordinária não foi divulgado.

Pela lei, só têm direito ao passaporte diplomático representantes do governo em missão no exterior. No entanto, o Itamaraty pode usar o parágrafo 3º, do Artigo 6º para fazer concessões extraordinárias.

Fontes:
Estadão-Serra concede passaportes diplomáticos ao pastor R.R. Soares e sua mulher

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Ivone disse:

    Para os simples mortais, a emissão do passaporte dura bem mais de um mês… O que o vampiro
    Serra esquece devido à idade avançada) é que os simples mortais são eleitores….

  2. , disse:

    Enquanto isso aqui em Recife para emissão do passaporte esta durando 45 dias e quando conseguem. Quem irá saber para onde RR Soares vai com sua esposa e que não deveria receber passaporte e Serra logo providenciou.Mais uma vergonha

  3. Rogerio Faria disse:

    Que a PF não esqueça de ver se a bíblia que ele vai levar não está recheada de dólares.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *