Início » Brasil » Sete nomes são cogitados para a presidência da Petrobras
Corrida presidencial

Sete nomes são cogitados para a presidência da Petrobras

Os dois principais favoritos são Rodolfo Landim, ex-presidente da OGX, e Henrique Meirelles, que conta com o apoio do ex-presidente Lula

Sete nomes são cogitados para a presidência da Petrobras
Henrique Meirelles conta com o apoio do ex-presidente Lula para ser nomeado novo presidente da Petrobras (Foto: Reprodução/Internet)

Após a oficialização da renúncia de Graça Foster e cinco diretores da Petrobras, o mercado aguarda o anúncio do nome do novo presidente da companhia. Sete empresários são citados entre os mais cotados. Rodolfo Landim, ex-presidente da OGX e ex-diretor da Petrobras; Henrique Meirelles, presidente do Banco Central (BC) durante o governo Lula; Roger Agnelli, ex-presidente da Vale; Luciano Coutinho, presidente do BNDES; Antonio Maciel Neto, presidente do grupo CAOA; Alexandre Tombini, atual presidente do BC; e Nildemar Secches, ex-presidente do Conselho de Administração da BRF.

De acordo com o economista-chefe da INVX Global, Eduardo Velho, o novo presidente precisa ser escolhido o mais rápido possível, pois a incerteza causará oscilações nas ações da Petrobras na Bolsa.

“Os boatos de mudança no comando já estão acontecendo há meses. Essa incerteza pode ser revertida com a escolha de um novo nome que tenha um perfil semelhante ao de Joaquim Levy no Ministério da Fazenda, que está fazendo um choque de gestão. E a mudança da presidência deve abranger ainda toda a mudança na diretoria”, afirmou Velho.

Renúncia não isenta Graça Foster

A saída de Graça e de outros diretores do comando da estatal não os livra do risco de serem investigados na Justiça pelos atrasos na divulgação do balanço. De acordo com a lei, os problemas anteriores continuaram sob a responsabilidade de Graça e sua equipe e não passarão para os futuros dirigentes da empresa.

O advogado especializado em direito empresarial Gustavo Villela afirma que, mesmo deixando a empresa, Graça deverá dar explicações sobre o balanço da Petrobras. “Não importa quem seja o presidente quando o balanço for divulgado. O documento tem uma data de corte definida e ela é 31 de dezembro. Por isso, mesmo que Graça deixe a empresa, continuará sendo a responsável. Qualquer pessoa que assuma a Petrobras será extremamente irresponsável se não exigir uma auditoria de corte para tirar a limpo tudo o que foi feito antes de sua posse”.

Lula deve indicar Henrique Meirelles

Entre os sete nomes cogitados para o cargo de presidente da maior empresa do Brasil, um terá uma ajuda importante para conquistar a vaga. O ex-presidente Lula tem preferência por Henrique Meirelles e deve indicá-lo a Dilma, durante o encontro pela comemoração dos 35 anos do PT, previsto para o dia 6 de fevereiro.

Fontes:
Folha-Lula deve sugerir nome de Henrique Meirelles para a vaga de Graça Foster
O Globo-Sete executivos são apontados como possíveis candidatos a substituir Graça Foster

5 Opiniões

  1. Apolonio Prestes disse:

    O colega Áureo comete dois erros:
    1. Henrique Meirelles é um homem honesto. Provou isso amplamente durante décadas de carreira.
    2. Ele não é de Lula, é um tucano que Lula aproveitou devido à sua competência.

    É pena as pessoas serem tão mal informadas.

  2. Áureo Ramos de Souza disse:

    Se for Henrique Meirelles as falcatruas continuarão do mesmo modo só que terão mais cautela pois Meirelles é de Lula

  3. helo disse:

    Meireles é um bom nome.

  4. Joma Bastos disse:

    “Qualquer pessoa que assuma a Petrobras será extremamente irresponsável, se não exigir uma auditoria de corte para tirar a limpo tudo o que foi feito antes de sua posse”.

  5. Beraldo Dabés Filho disse:

    Se é de fato o preferido do Lula, Meireles já é o novo Presidente da Petrobrás.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *