Início » Brasil » Sigiriya: a Machu Picchu do Sri Lanka
Turismo

Sigiriya: a Machu Picchu do Sri Lanka

Tombada pela Unesco como Patrimônio Histórico Cultural, Sigiriya possui uma incrível semelhança com Machu Picchu

Sigiriya: a Machu Picchu do Sri Lanka
Do alto dos 370 metros de altura de Sigiriya, avista-se uma bela paisagem da selva tropical do Sri Lanka (Reprodução/Fernanda Costta)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Nas redondezas de Polonnaruwa está Sigiriya, mais um lugar notável do exótico Sri Lanka. Trata-se de uma montanha rochosa que serviu como monastério nos séculos I e II a. C. e posteriormente se transformou na fortaleza do reino Ceilão, transferindo sua capital de Anuradhapura.

Sigiriya é tombada pela Unesco como patrimônio histórico-cultural mundial e tem uma curiosa semelhança com Machu Picchu, claro que guardadas as devidas proporções. Primeiro, a altura entre ambas é incomparável. Segundo, o exemplar peruano é de uma complexidade arquitetônica muito maior.

Na verdade, Sigiriya tem muito mais influência indiana do que de qualquer outro lugar. Nas paredes, ainda hoje, encontram-se os belíssimos afrescos, tão similares aos encontrados na caverna de Ajanta, na Índia. Na composição, ainda existem jardins bem projetados, com canais e tanques. O palácio conta também com a Mirror Wall, ou Parede de Espelho, que de tão polida, refletia perfeitamente a imagem tal qual um espelho.

Do alto dos seus 370 metros de altura, avista-se uma bela paisagem da selva tropical do Sri Lanka, com alguns pontos esbranquiçados, formado por estátuas de budas. É preciso fôlego para subir os mais de mil degraus que conduzem ao topo, mas sem dúvida, a vista compensa e a companhia onipresente dos macacos também!

 

*Fernanda Costta escreve no Blog Viaggio Mondo e é colaboradora do Opinião e Notícia.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *