Início » Brasil » Sondas da Petrobras vão à venda por US$ 40 milhões
BRASIL

Sondas da Petrobras vão à venda por US$ 40 milhões

A petroleira comprou as mesmas por US$ 720 milhões. Medida é criticada por especialistas

Sondas da Petrobras vão à venda por US$ 40 milhões
Na época, o governo comemorou o evento como mais um passo na retomada da indústria naval brasileira (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Por um preço mínimo de US$ 40 milhões, a Petrobras colocou a venda duas sondas de perfuração. Quando foram compradas, no início da década, as sondas, que fazem parte de um pacote de sete sondas a serem leiloadas em maio, custaram US$ 720 milhões.

As sondas P-59 e P-60 foram construídas por um consórcio formado por Odebrecht, UTC e Queiroz Galvão, em um canteiro de obras da própria Petrobras na Bahia. Todas as empresas são investigadas na Operação Lava Jato. Foram as primeiras unidades desse tipo construídas no Brasil em 30 anos. Na época, o governo comemorou o evento como mais um passo na retomada da indústria naval brasileira.

“É um absurdo vender duas sondas tão novas por esse preço. Aliás, não é hora de vender nada”, diz o coordenador da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel, que faz oposição ao plano de venda de ativos da estatal.

Também estão incluídas no edital de licitação as sondas P-III, P-X, P-XVI, P-XVII, P-XXIII, todas mais antigas e também focadas na exploração de petróleo em zonas mais rasas do que o pré-sal.

Para as quatro primeiras, não há lance mínimo. Para a P-XXIII, que passou por reformas recentemente, o interessado terá que pagar ao menos US$ 500 mil.

Fontes:
Folha-Petrobras põe à venda por US$ 40 mi sondas que comprou por US$ 720 mi

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. laercio disse:

    Se as coisas fossem feitas com a prudência necessária não haveria necessidade de reforma de previdência entre outros…

  2. Cícero disse:

    Ainda existe essa empresa????????????

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *