Início » Brasil » STF falhou ao não conter excessos da Lava Jato, diz ex-ministro
ENTREVISTA AO UOL

STF falhou ao não conter excessos da Lava Jato, diz ex-ministro

Em entrevista ao Portal Uol, Nelson Jobim diz acreditar que processos contra Lula 'são controversos em termos de prova'

STF falhou ao não conter excessos da Lava Jato, diz ex-ministro
Nelson Jobim foi indicado ao Supremo pelo ex-presidente FHC (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Em entrevista exclusiva ao Portal Uol, o ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Nelson Jobim afirmou que, em sua opinião, o STF falhou ao não conter excessos da Operação Lava Jato no início.

De acordo com Jobim, os diálogos vazados pelo site “The Intercept Brasil” comprovam que a Lava Jato cometeu abusos e que o ex-juiz federal Sérgio Moro teve uma conduta inadequada.

Nelson Jobim foi indicado ao Supremo pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele foi ministro do STF durante nove anos, chegando a presidi-lo. Posteriormente, foi ministro da Defesa nos governos Lula e Dilma.

O ex-ministro, que é advogado, acredita que os processos contra o ex-presidente Lula “são controversos em termos de prova” e também acredita na inocência do petista: “Eu, particularmente, não creio que ele tenha participado efetivamente dessas coisas [casos de corrupção]”.

Em relação à postura de Sérgio Moro no julgamento do ex-presidente Lula, Nelson Jobim diz que é “difícil afirmar” que o ex-juiz tenha sido imparcial, porém ressaltou que, “examinando isto que aparece nessas notícias do ‘Intercept’, que ao que tudo indica são corretas e verdadeiras, ele teve uma conduta não adequada para um juiz de direito. Em hipótese alguma, poderia um juiz de direito ter contatos com o Ministério Público ou mesmo com a defesa para orientar procedimentos. Isso não é nada bom”.

Já sobre o STF em relação à Lava Jato o ex-ministro afirmou que, “no início, foi leniente. Ou seja, tolerou os exageros, os abusos que foram cometidos e agora estão ficando muito claros com essa história do ‘Intercept’. Houve casos de erros crassos, que depois acabaram se resolvendo. Agora o tribunal está começando a ter uma posição, digamos, mais garantista”.

Fontes:
Uol - STF tolerou abusos cometidos pela Lava Jato, diz ex-presidente do Supremo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *