Início » Brasil » Segunda Turma do STF analisa suspeição de Moro nesta terça
PEDIDO DE NULIDADE

Segunda Turma do STF analisa suspeição de Moro nesta terça

Apresentado no ano passado, pedido foi liberado para análise após revelação de conversas que apontam ação coordenada entre Moro e procuradores

Segunda Turma do STF analisa suspeição de Moro nesta terça
Julgamento previsto para esta terça ocorre em meio à pressão sobre a Lava Jato (Fonte: EBC)

O ministro Edson Fachin incluiu na pauta desta terça-feira, 11, de julgamento da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido do ex-presidente Lula para anular sua condenação.

O ministro Gilmar Mendes solicitou que o processo, que estava em análise no plenário virtual, fosse transferido para o plenário físico do colegiado.

De acordo com a Folha de S.Paulo, integrantes do STF ouvidos reservadamente pelo jornal afirmam que a análise do pedido de Lula não deve ter efeito prático para o ex-presidente.

Em seu pedido original, a defesa de Lula questionou a atuação do relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Felix Fischer. Os advogados do ex-presidente argumentaram que Fischer, que negou recurso contra a condenação de Lula no caso do tríplex no Guarujá, não poderia ter tomado a decisão individualmente.

O recurso, no entanto, foi rejeito em fevereiro pelo ministro Edson Fachin, e os advogados de Lula entraram com um novo pedido.

Apesar da redução da pena do ex-presidente de 12 anos e um mês de prisão para 8 anos e 10 meses pela Quinta Turma do STJ, a defesa do ex-presidente argumenta que não há correlação entre a acusação e a condenação.

Agora, a Segunda Turma do STF irá julgar o pedido de habeas corpus apresentado pelos advogados de Lula, que solicitam a anulação da decisão individual do relator Felix Fischer.

O julgamento previsto para esta terça ocorre em meio à pressão sobre a Operação Lava Jato, após o vazamento de mensagens trocadas entre o ex-juiz federal Sérgio Moro e procuradores. As conversas foram divulgadas pelo site “The Intercept’ e indicam que Moro teria orientado procuradores da Lava Jato.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Pedido de Lula para anular condenação entra na pauta desta terça de turma do STF

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. DINARTE DA COSTA PASSOS disse:

    Sempre acreditei que neste mato tinha coelho. Para mim o MORO nunca foi imparcial e a condenação de LULA interessava ele e seu grupo político.

    Aos poucos vão aparecendo as falcatruas dos perseguidores de LULA. Ainda tem muito mais para serem revelados e neste dia a casa vai cair para os acusadores. Irão todos para a cova dos leões!É só aguardar quem viver verá.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *