Início » Brasil » STJ julga nesta terça pedido para soltar Temer
HABEAS CORPUS

STJ julga nesta terça pedido para soltar Temer

Julgamento do habeas corpus será realizado a partir das 14h pela Sexta Turma do STJ

STJ julga nesta terça pedido para soltar Temer
Temer é investigado em operação que apura desvios nas obras da Usina Nuclear Angra 3 (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julga nesta terça-feira, 14, o pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Michel Temer.

O julgamento do habeas corpus será realizado a partir das 14h pela Sexta Turma do STJ.

O ex-presidente Michel Temer foi preso, pela segunda vez, na semana passada após determinação da Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que derrubou uma decisão do desembargador Ivan Athié, que havia mandado soltar Temer.

A prisão preventiva do ex-presidente foi decretada pela primeira vez no dia 21 de março. Temer então ficou preso durante quatro dias e foi liberado no dia 25 de março após a decisão de Ivan Athié.

Temer é investigado em uma operação que é um desmembramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e que apura desvios nas obras da Usina Nuclear Angra 3.

A defesa de Temer afirma que “o paciente nunca integrou organização criminosa nem praticou outras modalidades de crime, muito menos constitui ameaça à ordem pública. Sua liberdade não coloca em risco a instrução criminal, nem a aplicação da lei penal. Teve sua prisão preventiva decretada, sem que se indicasse nenhum elemento concreto a justificá-la”.

Leia também: Temer é transferido para batalhão da PM em SP

Fontes:
EBC - STJ julga hoje habeas corpus de Michel Temer

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    eu nem chego a ler toda a reportagem pois com este vai e vem gasta-se muito. São ladrões com prova e la vem outro ministro pede vista e fica neste embrolho.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *