Início » Brasil » Temer planeja viagem à China para vender carne e aviões
APÓS IMPEACHMENT

Temer planeja viagem à China para vender carne e aviões

Objetivo é viabilizar a venda de 170 aviões da Embraer e aumentar a cota de exportação de carne brasileira para Pequim

Temer planeja viagem à China para vender carne e aviões
Temer aguarda votação no Senado para fazer sua primeira grande viagem (Fonte: Reprodução/Agência PT)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), quer ir à China em sua primeira grande viagem após a decisão soberana do Senado no processo de impeachment de Dilma Rousseff. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

Leia também: Temer aprova a Política Nacional de Inteligência
Leia também: Temer sanciona com vetos a Lei das Estatais
Leia também: Temer quer retomar obras paradas para reativar economia
Leia também: Governo Temer anuncia importação de feijão para conter alta do preço

O plano é desembarcar em Pequim em setembro com a meta de viabilizar a venda de 170 aviões da Embraer e também aumentar a cota de exportação de carne brasileira para a China.

De acordo com a coluna, a escolha da China como destino reforça o que já está nas entrelinhas do governo Temer, isto é, o fato de que parceiros de fora da Mercosul terão voz e vez no novo governo.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Temer já definiu primeira grande viagem após impeachment: irá para China vender carne e aviões

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. afonso schroeder disse:

    A grande maioria do povo brasileiro não confia e nem aceita este chefão da gangue traidor, corrupto, sabotador do governo popular, portanto “fora” Michel Temer com sua gangue de “políticos” muito politiqueiros e enganadores dos brasileiros devem ir para cadeia. Sabemos separar o “joio do trigo” e continuamos acreditando e confiando no mãos limpas Lula e também na atual que deve retornar com urgência no comando do executivo do Brasil a presidente Dilma Rousseff.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *