Início » Brasil » Temer quer permitir até 40% do Ensino Médio a distância
EDUCAÇÃO

Temer quer permitir até 40% do Ensino Médio a distância

Especialistas temem precarização do ensino nas redes públicas

Temer quer permitir até 40% do Ensino Médio a distância
Presidente Michel Temer e o ministro da Educação, Mendonça Filho (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O governo do presidente Michel Temer quer permitir até 40% da carga total do Ensino Médio em regime EAD (ensino a distância). A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o jornal, uma resolução que atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio possibilita essa nova regulamentação da carga horária.

No caso da educação de jovens e adultos, a proposta vista permitir que todo o curso seja realizado a distância.

O Conselho Nacional de Educação (CNE) já realizou uma primeira discussão sobre o tema no último dia 6. Caso a proposta seja aprovada, qualquer conteúdo previsto no currículo poderá ser dado a distância. Os alunos terão até dois dias de aulas por semana fora da sala.

Enquanto os que defendem a proposta afirmam que ela visa permitir a experimentação de novos recursos na educação, alguns especialistas temem a precarização do ensino nas redes públicas.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Governo Temer quer liberar até 40% do ensino médio a distância

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Henrique de Almeida Lara disse:

    Na verdade, vai fragilizar ainda mais o ensino que já é muito fraco. Parece-me que o Presidente anda um tanto perdido em sua compreensão das verdadeiras e fundamentais necessidades do Brasil. Lamento muito!!!

  2. Aureo Ramos de Souza disse:

    Temer que aparecer depois das falcatruas que realizou e vai ter que provar quando deixa a presidência. Ela quer inovar.

  3. Markut disse:

    Literalmente, o buraco está mais embaixo. É na educação fundamental competente e presencial que se formam os principios da verdadeira cidadania.
    O ensino médio e a universidade vem a seguir.
    É o primeiro e fundamental elo ,que integra a indispensavel corrente, que conduz à verdadeira valorização do capital humano.

  4. Nilson Bennoti disse:

    Ensino à distância é uma ótima ideia: o ensino médio público é tão ruim que quanto mais longe o aluno ficar é melhor. Ha anos defendo o “homeschooling”. É só politica de gênero e coitadismo o que ensinam nas escolas.

  5. Ivone disse:

    Em São Paulo, os professores da rede estadual têm remuneração tão baixa que muitos desistem da “carreira”. O resultado é um grande número de escolas com déficit de professores, principalmente, de matemática, física, química e geografia.
    Embora absurda a ideia de ensino à distância para jovens, talvez esta fosse a solução vergonhosa para que alunos que chegam ao mês de outubro sem uma aula de matemática pudessem pelo menos aprender regra de três…
    Triste realidade.

  6. Jeffwerson Tavares disse:

    Mais precário do que já está, quanto mais burro o povo, melhor para os vampiros.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *