Início » Brasil » Tentativa de unificação
COLUNA ESPLANADA

Tentativa de unificação

Comissão especial discute a unificação das polícias Civil e Militar

Tentativa de unificação
Proposta une as carreiras dos cerca de 425 mil policiais militares e 117 mil policiais civis do país (Foto: ABr)

O deputado Delegado Edson Moreira (PR-MG) pretende apresentar mês que vem o parecer sobre a (difícil) união das carreiras dos cerca de 425 mil policiais militares e 117 mil policiais civis de todo o País. Moreira preside a comissão especial que discute a unificação das polícias Civil e Militar e conheceu o modelo implementado na Alemanha, Itália, França, Estados Unidos, Canadá, Áustria, Chile e Colômbia.

Resistências

“A unificação em outros países foi um sucesso”, afirma ao apontar a Brigada Militar do RS, as PMs paulista e a de Minas Gerais como as mais “resistentes” à proposta.

Panorama

Presidente Carlos Siqueira e diretores do PSB dispararam e-mails para a militância com enquete. Querem saber se os filiados sabem o que é ‘democracia social’.

Índice iate

Prova de que os ricos estão..cada anos mais ricos. O Rio Boat Show cresceu 20% este ano, e registrou R$ 138 milhões em vendas diretas de equipamentos e iates.

Lua de mel

Chefe de gabinete do ministro interino Edson Duarte, do Meio Ambiente, Diva Carvalho, e o assessor especial, Eduardo Jardim, foram autorizados a viajar a Lisboa, com dinheiro do cidadão, para participarem do ‘XX Encontro da Rede de Estudos Ambientais em Países de Língua Portuguesa – Ambiente e Direitos Humanos’. Será de hoje a domingo. Não bastassem dois funcionários da mesma pasta, são casados.

Saldo no vermelho

Dois clientes brasileiros lesados pelo FPB Bank do empresário Nelson Pinheiro recorrem à Justiça para tentar reaver, juntos, mais de R$ 50 milhões que desapareceram quando o banco foi fechado por operar de maneira irregular no Brasil e no Panamá, conforme a Coluna revelou o caso ontem.

Transferências

Pinheiro é dono também da Brickell Financeira, InfinitiInvestment Business Inc., Ducoco, entre outras empresas, e suspeito de usar o FPB Bank para captar recursos de investidores e, clandestinamente, direcionar o capital destes para suas empresas. A assessoria ainda não respondeu a Coluna.

Pós-IR

Com milhões de declarações de impostos de renda entregues, a Receita sofre o baque. Os analistas tributários vão parar de terça a quinta. Reivindicam reajuste salarial.

No foco

A ANTT resolveu mudar a tática de fiscalização do posto para auditorias surpresas dentro das empresas que devem ser verificadas. Faz isso em Brasília, como prevenção.

No ar!

O governo de Goiás investiu R$ 27 milhões em cenários e equipamentos de primeira linha nas emissoras de rádio e TV da Brasil Central, agência de comunicação. Além da renovação na programação, investiu em linha de satélite para cobertura nacional, ressalta o diretor João Bosco Bittencourt.

O Maestro

O longa “João, o Maestro”, dirigido por Mauro Lima e estrelado por Alexandre Nero, Aline Moraes, será lançado dia 24 de maio, no Festival de Las Palma (Espanha), e dia 30, em Lisboa. O cinebiografado João Carlos Martins participará de ambos.

Bola do Afonsinho

Afonsinho, o primeiro atleta brasileiro a ganhar o direito do passe livre na Justiça, em 1971, ganhou do MST a bola com que Lula e Chico Buarque jogaram na partida de inauguração do campo Sócrates Brasileiro , no Instituto Florestan Fernandes, em 2017.

Reitoria

Um dos mais jovens a assumir o cargo, Rafael Barreto Almada foi eleito novo reitor do Instituto Federal do Rio de Janeiro – IFRJ.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Laércio disse:

    Crime se combate com pena de morte para latrocínio, pena de prisão perpétua isolada sob regime de trabalhos forçados para traficantes e políticos corruptos, crime se combate com militarização do ensino fundamental! Qualquer proposta diferente não passa de meios para manipular a bagunça que impera no Brasil.

  2. carlos alberto martins disse:

    os cretinos,ficam fazendo planos aos montes.são reuniões,entrevistas,declarações,todos aparecendo na mídia.agóra quérem a fuzão do nada com coisa nenhuma.os bestalóides não se preocupam em fazerem leis rígidas para punição exemplar dos transgressores da lei.quando acabarem os defensores dos mesmos quem sabe a coisa mude.tem OAB para defender a bandidagem,religiosos ,políticos e um grande bando de salafrários que tem dó dos mesmos.bandidos,tem a cama ,refeição,segurança,saúde e uma série enorme de mordomias.aos trabalhadores résta sómente míseros salários para sustentar a familha e, quem sabe educar os filhos.fica no ar com que dinheiro os bandidos pagam seus advogados,se os mesmos não tem emprego?se um bandido me dar dinheiro para comprar um carro,sou preso como cúmplice,mais,se o mesmo dar a um defensor como é que fica a justificativa da procedencia do mesmo?e os direitos humanos que os ficam protegendo,quem os paga?quando os srs dos direitos humanos foram ajudar as vítimas da bandidagem?está na hóra de acabar com tanta senvergonhice e humilhação para com os brasileiros que pagam seus impostos,que, na verdade são extorsivos.pena de morte só para quem é honesto,para os petralhas os beneficios de uma constituição falida.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *