Início » Brasil » Teses para o Congresso do PT abordam corrupção no partido
Autocrítica

Teses para o Congresso do PT abordam corrupção no partido

Apesar de acusarem parte da mídia de perseguição, os documentos admitem responsabilidades da direção do PT em casos de corrupção

Teses para o Congresso do PT abordam corrupção no partido
O presidente do PT, Rui Falcão, afirma que a proibição do recebimento de doações de empresas serviria para 'recuperar a credibilidade da política' (Reprodução/EBC)

Em meio a acusações de recebimento de propina de empresas envolvidas no escândalo Lava-Jato através de doações oficiais de campanha, todas as correntes do PT prepararam uma autocrítica para o Congresso do partido. Todas as teses que serão apresentadas na ocasião abordam a corrupção.

O documento do grupo majoritário PMB reconhece que, independentemente das denúncias de corrupção serem verdadeiras ou não, a imagem do partido foi duramente afetada. “Não podemos diluir nossas próprias responsabilidades na geleia geral em que se transformou grande parte do mundo político brasileiro”, diz.

Apesar de acusarem parte da mídia de perseguição, os documentos admitem responsabilidades da direção do PT. O grupo Mensagem alerta que a conveniência com a corrupção acaba com a própria identidade socialista do partido.

“Se antes era possível acusar um grupo ou uma corrente interna do PT por protagonizar as principais distorções que experimentamos no último período, hoje práticas que estão em desacordo com nossa ideologia, inclusive desvios éticos, atravessam a maioria das tendências”, diz a corrente Partido para Todos.

Como resposta à corrupção, as teses reforçam a proposta -já discutida em reunião pelo diretório nacional- de proibir o recebimento de doações de empresas. O presidente do PT, Rui Falcão, afirma que a medida serviria para “recuperar a credibilidade da política”. No entanto, não há consenso se a proibição se estenderia também aos candidatos ou se ficaria restrita aos diretórios.

Fontes:
O Globo-Corrupção é abordada por teses de todos os grupos do PT

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *