Início » Brasil » Trabalho infantil e análogo à escravidão flagrado em São Paulo
Operação gato preto

Trabalho infantil e análogo à escravidão flagrado em São Paulo

A 'Operação Gato Preto' também identificou desmatamento ilegal e construção de fornos em área de risco

Trabalho infantil e análogo à escravidão flagrado em São Paulo
Carvoarias em São Paulo mantêm trabalhadores em condições análogas às escravidão (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma força-tarefa de mais de 100 agentes flagrou nesta terça-feira, 21, trabalho infantil e análogo à escravidão em carvoarias em Bragança Paulista, em São Paulo.  A “Operação Gato Preto” também identificou outras irregularidades, como desmatamento ilegal de mata nativa para produção de carvão e construção de fornos em área de risco.

Foram fiscalizadas dez carvoarias e a operação prossegue até a próxima terça-feira, 28, vistoriando as cerca de 150 carvoarias em propriedades pequenas da região. Em todas as dez primeiras foram encontrados trabalhadores sem registro, além de sete crianças pesando e ensacando carvão em três delas e 19 pessoas em condições análogas à escravidão em outras três, dormindo em alojamentos em péssimas condições e trabalhando sem qualquer equipamento de segurança.

A investigação durou dois meses e a operação é resultado do trabalho do serviço de inteligência da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os agentes são da PRF, auditores do Ministério do Trabalho, juízes e promotores do Ministério Público.

A operação prosseguirá fiscalizando todas as carvoarias da região, notificando inclusive as marcas de carvão que as usam como fornecedores e os supermercados que compram tais marcas. Sacas de produto da marca São José, uma das maiores de São Paulo, foram encontradas nas carvoarias onde foram identificadas irregularidades.

Fontes:
O Globo - Operação flagra trabalho infantil e análogo à escravidão em carvoarias de São Paulo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *