Início » Brasil » Trem-bala, licenças e inflação preocupam investidores estrangeiros
'Onda de concessões'

Trem-bala, licenças e inflação preocupam investidores estrangeiros

Governo iniciou rodada internacional de apresentações do pacote de concessões do setor de infraestrutura a representantes do mercado financeiro

Trem-bala, licenças e inflação preocupam investidores estrangeiros
Mantega se reuniu com investidores nos EUA (Fonte: Reprodução/Efe)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reuniu nesta terça-feira, 26, com investidores em Nova York, marcando o início de uma rodada internacional de apresentações do pacote de concessões do setor de infraestrutura a representantes do mercado financeiro.

Leia também: Fundos estrangeiros trocam Brasil por outros emergentes

Investidores levantaram dúvidas principalmente sobre o projeto do trem-bala brasileiro, as questões de licenciamento ambientais em grandes obras e ainda sobre a persistência da inflação no país. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

A viagem promocional de Guido Mantega inclui ainda Londres e Tóquio. O objetivo é atrair investidores internacionais para o programa de infraestrutura do governo federal estimado, em R$ 470 bilhões.

As propostas apresentadas por Mantega em Nova York visam atrair os investidores mais reticentes. O ministro disse, por exemplo, que a taxa de retorno das concessões de rodovias ficará acima de 10%. O governo brasileiro também aproveitou a oportunidade para anunciar que o leilão para exploração de gás de xisto e outras fontes não convencionais foi adiantado de dezembro para outubro.

‘Novos concorrentes’

Mantega disse ainda que há sinais de que a inflação brasileira deve cair, ressaltando que o crescimento deve ser mais forte em 2013, e que o “Brasil não quebra contratos”.

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, que também participou do seminário nesta terça, disse que o governo brasileiro busca “novos concorrentes”, e que quer “que o mercado bancário e de capitais tenha um papel de liderança nesta nova onda de concessões”.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Investidores estrangeiros questionam projeto de trem-bala, licenças e inflação

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. wandereley f.silva disse:

    O BRASIL PRECISA IMPLEMENTAR LINHAS FÉRREAS LIGANDO O OESTE AOS PORTOS PARA DRENAR AS CARGAS DE SOJA QUE SÃO TRANSPORTADAS VIA ASFALTO. CARO E JURÁSSICO.
    LIGAÇÃO RIO-SAMPA A PONTE AÉREA JÁ RESOLVE.
    PORQUE NÃO USAMOS TRANSPORTE FLUVIAL? TEMOS TUDO PARA FAZÊ-LO!
    ONDE ESTÃO OS INVESTIDORES? AH!QUEREM A PETROBRÁS -A VALE E TUDO QUE O ESTADO JÁ CONSTRUIU.
    O TREM BALA É CARÍSSIMO E QUEBRARIA A ECONOMIA PARA MEIA DÚZIA DE GRANFINOS.
    NEM TÃO GRANFINOS ASSIM.
    A ESPANHA ESTÁ QUEBRADA E ESTÁ ACEITANDO ATÉ INJEÇÃO NA TESTA PRA ATRAIR DÓLARES E SABEM FAZER TRENS DE MÉDIA VELOCIDADE SEGUROS.

  2. Rene Luiz Hirschmann disse:

    Quem diria o PT vendendo o país com margem de retorno mais de 10%, isso significa que o povo vai pagar e muito bem a conta, principalmente a classe média, que hoje já paga a distribuição dos bolsas familias e outros, que deveria ter uma contribuição maior dos ricos, mas não é o povão assalariado e os aposentados que pagam a conta, porque será que a taxação das grandes fortunas não sai do papel?, ou porque o CPMF foi extinto?, pensem nisso.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *