Início » Brasil » Três barragens da Vale em Minas entram em alerta máximo
RISCO DE ROMPIMENTO

Três barragens da Vale em Minas entram em alerta máximo

B3/B4, em Macacos, e Forquilhas 1 e 3, em Ouro Preto, passaram de nível 2 para nível 3 de segurança

Três barragens da Vale em Minas entram em alerta máximo
Simulação do caminho dos rejeitos em caso de rompimento das barragens Forquilha I, II e III, da Vale, em Ouro Preto (Fonte: Reprodução/Ministério Público/Divulgação)

A barragem B3/B4, da Mina Mar Azul, da Vale, em Macacos, e as barragens Forquilhas 1 e 3, também da Vale, em Ouro Preto, entraram em alerta máximo, o que significa que há risco de rompimento, segundo a Agência Nacional de Mineração (ANM).

O nível de segurança das três barragens da Vale foi alterado de 2 para 3 na noite desta quarta-feira, 27. De acordo com a ANM, o nível 3 representa “rompimento ou risco eminente de romper”.

A Vale, por sua vez, afirmou que não haverá retiradas de moradores e que não houve rompimento da barragem B3/B4, da Mina Mar Azul, que tem cerca de 3 milhões de m³ de rejeito e cuja estrutura é a montante (o mesmo modelo da barragem de Brumadinho). Ainda segundo a Vale, as sirenes serão tocadas de forma preventiva em Macacos e em Ouro Preto.

As sirenes em Macacos, distrito de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram acionadas na noite desta quarta. No dia 16 de fevereiro cerca de 250 pessoas foram retiradas de suas casas após o acionamento das sirenes.

A Vale ressaltou que as sirenes fazem parte do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).

Fontes:
G1 - Barragens da Vale em Macacos e Ouro Preto entram em alerta máximo para risco de rompimento

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *